​Showroomprivé: Carrefour adquire os 17% detidos pela Steinhoff

O portal de vendas online Showroomprivé anunciou uma parceria estratégica com a Carrefour, que selou o acordo com a aquisição dos 17% de capital que estavam nas mãos do grupo Steinhoff (Conforama) desde o início do verão. O objetivo é formar uma estratégia omnicanal nos planos de marketing, comercial, logística e dados.


Thierry Petit e David Dayan, fundadores do portal - ShowroomPrivé.com

“Esta parceria é um novo elemento de aceleração da nossa estratégia digital, numa lógica omnicanal”, declarou Alexandre Bompard, CEO da Carrefour. “Também permite que a Carrefour entre no mercado das vendas privadas online e fortaleça a sua oferta. Estou convencido do grande valor da gestão da Showroomprivé e do elevado potencial que resulta da cooperação operacional entre os nossos dois grupos.”
 
Este anúncio acontece num contexto que vê o grupo Steinhoff deparar-se, desde o final de 2017, com as preocupações dos seus credores, após se ter confessado incapaz de dar uma estimativa da magnitude das irregularidades contabilísticas nas suas contas ou mesmo de apresentar um cronograma de apresentação das contas de 2017 e das demonstrações financeiras re-auditadas de 2016.
 
As suas ações na Showroomprivé acabaram por ser vendidas à Carrefour a 13,5 euros por ação, por um montante total de 79 milhões de euros. A Carrefour manterá o acordo de acionista subscrito com a Steinhoff: os fundadores do portal, David Dayan e Thierry Petit, conservam 27,17% do capital e 40,42% dos direitos de voto, enquanto a Carrefour detém 16,86% do capital e 13,37% dos direitos de voto.
 
"Será pago um complemento de preço à Conforama pela Carrefour caso esta última lance uma oferta pública de aquisição sobre a Showroomprivé nos dezoito meses posteriores à finalização da operação”, diz o comunicado. “Este complemento de preço será igual à diferença entre o preço da oferta apresentado pela Carrefour e o preço de aquisição (ou seja, 13,5 euros), multiplicado pelo número de ações vendidas pela Conforama”.
 
Estaremos perante um prelúdio de uma aquisição maioritária da Showroomprivé pela Carrefour? O portal, introduzido no mercado de ações em outubro de 2015, conta com 25 milhões de membros em França e oito países, com um volume de negócios líquido de 540 milhões de euros em 2016 (+22%). Trata-se, portanto, de uma considerável força online, da qual poderia beneficiar a Carrefour, que registou um volume de negócios de 103,7 mil milhões de euros em 2016 e tem 12 mil lojas. Note-se ainda que esta nova transação faz parte de uma crescente lista de aproximações entre distribuidores físicos e online.

Traduzido por Estela Ataíde

Copyright © 2018 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - DiversosNegócios
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER