Adidas mantém parceria com Kanye West apesar de consumidores pedirem para cortar laços

Em resposta aos recentes comentários de Kanye West sobre a escravidão, uma nova petição liderada por consumidores sobre a Care2 pede à Adidas para descontinuar a linha Yeezy e cortar todos os laços com West.


Kanye West com a esposa Kim Kardashian - Instagram: @kimkardashian

A petição da Care2 explica que a entrevista de West à TMZ, na qual disse acreditar que os negros americanos escolheram viver em cativeiro por mais de 400 anos foi "bizarra".

No entanto, o CEO da Adidas respondeu na quinta-feira (3) dizendo que a empresa de sportswear está "muito comprometida" com a marca, embora tenha impacto mínimo nas vendas, acrescentando que a maioria dos produtos da Yeezy são lançados para gerar buzz, por terem quantidade limitada.

"É claro que há algumas observações que não apoiamos", disse o presidente-executivo Kasper Rorsted a jornalistas, na teleconferência do grupo sobre os resultados. "Mas, estamos muito comprometidos com o avanço da marca Yeezy”.

West juntou a sua marca Yeezy à Adidas em 2013. Em 2016, a Adidas anunciou uma estratégia global sugerindo um relacionamento a longo prazo com a Yeezy, incluindo uma expansão das suas linhas de vestuário e futuras lojas de retalho.

West tem vindo a fazer outros comentários que aparentemente estão a enfurecer os consumidores. West saiu em apoio ao presidente Donald Trump no Twitter na semana passada e depois reafirmou o seu apoio ao presidente na entrevista ao TMZ, dizendo: "Eu simplesmente amo o Trump. Ele é o meu rapaz".

A petição diz que: "Kanye West tem direito à liberdade de expressão, mas nós, como consumidores, temos o direito de lutar contra este tipo de propaganda perigosa". Em seguida, pede à Adidas para "cortar os laços com Kanye West".

A Yeezy vai lançar uma nova coleção no sábado, em parceria com a marca desportiva 2XU. A coleção Yeezy x 2XU inclui meias de 450 dólares que a esposa de West, Kim Kardashian West, apresentou nas suas redes sociais há um mês. A coleção Season 7 Yeezy estará disponível na loja da 2XU em Westfield Century City.

É possível que os comentários de West tenham sido feitos para atrair publicidade para a sua marca, embora não esteja claro qual novo mercado de que poderia querer alcançar.

A petição da Care2 para a Adidas abandonar a afiliação com Kanye está em busca de 10 mil assinaturas e atualmente já tem mais de 5 mil. 

Traduzido por Novello Dariella

Copyright © 2018 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

DesportoIndústria