Aos 73 anos, morre Jenny Meirens

Através de uma publicação no Instagram, a Maison Margiela anunciou a morte da sua co-fundadora Jenny Meirens.

Ela foi o braço direito de Martin Margiela no lançamento de sua grife em 1988 e na criação da forte identidade da mesma, que se mantém viva até hoje. Jenny também foi a responsável por fatos que marcaram e ainda marcam a
existência da Maison, como a ideia de deixar as roupas da grife sem etiqueta, e negociar a entrada de Martin na direção criativa da Hermès.A causa do seu falecimento não foi divulgada, mantendo a discrição habitual que Meirens priorizou durante sua vida.


Assim como Martin, Jenny sempre manteve máxima discrição e optava pelo anonimato. Ambos recusaram fotos e conversas com a imprensa durante seus 16 anos de parceria. O último legado deixado pela business woman da Maison Margiela foi uma rara entrevista para o NY Times, dada no início de 2017, onde fala sobre sua trajetória profissional e sua relação com a grife.

Copyright © 2017 UseFashion. Todos os direitos reservados.

Luxo - Pronto-a-vestirPersonalidades