Ben Sherman x Henry Holland, uma colaboração de Northern Soul com essência urbana

Antes mesmo de o primeiro modelo aparecer na passarela, o jornal mais popular de Londres, o "The Evening Standard", já havia declarado que a colaboração de Ben Sherman e Henry Holland seria o grande desfile da temporada.


Henry Holland com modelos nos bastidores do desfile da sua coleção-cápsula para a Ben Sherman

A primeira das duas coleções-cápsulas planeadas foi em parte uma homenagem ao Northern Soul, algo bastante próximo das raízes da marca britânica.
 
Apresentado numa galeria de 100 metros de comprimento sob arcos de tijolos, dentro da Somerset House, em frente ao Tamisa, o desfile teve uma banda sonora de soul fabulosa, com faixas como "I Really Love You", da banda The Tomangoes. Além disso, uma dúzia de praticantes de Northern Soul dançaram com entusiasmo antes de os modelos aparecerem na passarela. Tudo  foi escolhido a dedo pelo diretor criativo da Holland e Ben Sherman, Mark Williams.

“O Northern Soul está muito próximo do coração da Ben Sherman, embora não quiséssemos simplesmente voltar-nos para o passado. Pegámos num toque kitsch dos anos 70 com os estampados e combinámos com atitudes urbanas contemporâneas", disse Williams, nativo do condado sulista de Kent.

O desfile apresentou 29 looks, e trouxe casacos curtos Harrington, um dos estilos favoritos de Steve McQueen, calças desportivas às riscas, as famosas parkas fishtail e fatos Mod Natty muito elegantes. Além disso, a dupla usou muitos dos gráficos favoritos de Holland, como numa t-shirt da I Night Owl Soul, onde a coruja era um pássaro bordado, em referência às festas noturnas em lugares famosos como Twisted Wheel e Wigan Casino.

O desfile aconteceu um mês depois de Holland ser nomeado pelo British Fashion Council como  "Melhor Designer Emergente de Moda Masculina". O slogan da marca é "Ben Sherman 1963 Heart of Soul”, que faz referência às suas raízes no movimento Northern Soul, em que jovens ingleses abraçaram os clássicos do soul americano.

"Amo reinventar marcas icónicas britânicas. E isso é o que a Ben Sherman sempre será", disse Holland nos bastidores. O designer do norte da Inglaterra, conhecido pelo seu forte sotaque do norte, tem sido um nome particularmente popular na cena de Londres desde que ganhou reconhecimento há mais de uma década com as suas t-shirts com mensagens e trocadilhos, como “I’ll Tell You Who’s Boss, Kate Moss!” (“Eu digo-te quem é o chefe, Kate Moss!").

O desfile é o exemplo mais recente da nova e mais coerente direção que Ben Sherman assumiu desde a sua aquisição pela empresa americana de investimentos em moda Marquee, que centrou sensivelmente a marca Ben Sherman de volta para o seu ADN britânico, abraçando o passado, mesmo enquanto o reinventa.

Os convidados também desfrutaram de uma exposição de fotografias a preto e branco dos melhores clubes de dança de Northern Soul e imagens de festas loucas em locais como o fenomenal e opulento Blackpool Tower Ballroom.

"Eu nasci em Ramsbottom, perto de Manchester, embora o meu pai trabalhasse em Wigan, que é o coração pulsante do Northern Soul. Ele costumava dançar, mas não saía todas as noites ou usava drogas como muitos outros!", brincou Holland.

Traduzido por Novello Dariella

Copyright © 2018 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

ModaLuxoDesfilesCriação
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER