CEO da Avon, Sheri McCoy, vai deixar o cargo após pressão dos investidores

O grupo americano fabricante de cosméticos, Avon Products Inc, informou que a CEO Sheri McCoy vai deixar o seu cargo no próximo ano, após pressão do investidor Barington Capital. 


McCoy tem sido pressionada para sair desde 2015 Foto: Avon - Photo: Avon

A saída de McCoy põe fim a um período turbulento de cinco anos para a empresa, que foi reduzida pela metade após vender a maior parte de seus negócios nos Estados Unidos, na sequencia de um escândalo de suborno na China, e perdeu cerca de 85% de seu valor de mercado na bolsa.

A Avon também tem enfrentado dificuldades para reverter um declínio constante nas vendas, já que a pioneira em vendas diretas, com mais 130 anos de história, tem perdido mercado para grandes empresas, como Estée Lauder Cos. Inc. e outras marcas de nicho, provocando um descontentamento entre seus investidores.

As vendas anuais, que chegaram a ultrapassar a barreira dos 10 bilhões de dólares em 2012, agora estão na metade dos seus níveis e devem cair ainda mais.

Sheri McCoy, que assumiu o seu primeiro cargo na empresa em abril de 2012, até agora havia mostrado resistência em se demitir, apesar dos insistentes apelos de Barington desde 2015.

McCoy conseguiu evitar algumas dessas pressões por um ano, após concordar em vender uma participação de 80% do negócio dos Estados Unidos para a empresa Cerberus Capital Management, e após contratar um diretor independente para o conselho, mudanças que Barington aprovou na época.

O investidor, no entanto, voltou a pressiona-la depois que a Avon reportou uma perda surpresa no primeiro trimestre deste ano, e exigiu que McCoy fosse removida, acusando-a de supervisionar "uma tremenda destruição do valor para o acionista" e questionando sua capacidade em gerenciar o negócio de forma efetiva.

Barington Capital detém uma participação de menos de 1% na empresa.

Na quinta-feira (3), a Avon também reportou uma queda de 3% em sua receita trimestral, com diminuição da demanda na maioria de seus mercados, incluindo a parte norte da América Latina, Europa, Oriente Médio e África.

Barington ainda respondeu aos pedidos de comentários sobre o assunto.

A Avon informou que a empresa de pesquisa executiva, Heidrick & Struggles, está envolvida no processo para identificar o sucessor de Sheri McCoy.

Na quinta-feira, as ações da empresa caíram 5,5%, para 3,19 dólares.
 

Traduzido por Novello Dariella

© Thomson Reuters 2017 Todos os direitos reservados.

CosméticaNegócios