Casa Grigi vence A’Design Award

O caráter inovador da Casa Grigi, pioneira no uso de fio de cortiça em vestuário, foi recentemente reconhecido pelo concurso internacional A’Design Awards, que atribuiu à marca portuguesa o ouro na categoria de Inovação de Tecidos e Design de Moda.

Casa Grigi vence A'Design Award - Foto: Divulgação

Mónica Gonçalves, designer de moda e fundadora da Casa Grigi, explica que este prémio é de grande importância para a marca por se tratar de “um dos maiores concursos mundiais da área” e ser, portanto, “uma forma de divulgar o fio de cortiça e chegar a outros mercados”.

Fundada em 2013, a Casa Grigi dedica-se desde então ao estudo de materiais naturais, locais e sustentáveis, destacando-se a inovadora utilização da malha de cortiça. Além de peças nas quais a malha de cortiça é predominante, a marca inclui nas suas coleções vestuário no qual a cortiça surge em apontamentos, combinada com materiais como algodão ou linho. Vestidos, túnicas, coletes, capas, chapéu e malas são algumas das peças concebidas por Mónica Gonçalves.

O interesse da indústria pelo trabalho desenvolvido pela designer de moda foi tal que Mónica Gonçalves desdobrou o projeto e abriu a empresa In.Filo, que comercializa o fio de cortiça, que outras marcas aplicam em coleções de vestuário e têxtil-lar. A elevada solicitação do mercado levou ainda a que investisse, recentemente, na aquisição de uma máquina industrial para a produção de fio de cortiça. Mónica Gonçalves explicou que, com este equipamento, será possível “produzir em maior escala e com menor custo”.

A Casa Grigi vende atualmente ao público no showroom do atelier, na Póvoa de Santa Iria, no site da marca, na loja Portugal In (Porto) e na loja do Museu da Marinha (Lisboa), estando neste momento a ser estudada a possibilidade de alargar a rede de parceiros comerciais, distribuidores e agentes.

Copyright © 2017 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirIndústriaCriação