David Hagglund é o novo diretor criativo da Topshop


É tempo de mudanças na Topshop e Topman. David Hagglund acaba de ser anunciado como o novo diretor criativo das marcas britânicas. 


Topshop

A partir de 4 de setembro, David Hagglund supervisionará a criação das duas marcas. O profissional, que dirigiu sua própria agência criativa de Estocolmo, teve clientes como H&M, Esprit e Hugo Boss. Ainda não se sabe se ele continuará trabalhando com essas marcas, mas acredita-se que não, pois tanto a H&M quanto a Esprit são fortes concorrentes da Topshop.

Anteriormente em sua carreira, ele também foi diretor de arte da Vogue Paris e sua nomeação reflete uma nova tendência em nomear profissionais com backgrounds diferentes dos tradicionais para cargos altos na área de criação das marcas.

Os atuais diretores criativos da Topshop, Kate Phelan, e Gordon Richardson, da Topman, devem deixar seus cargos até o final deste ano.

Kate Phelan, que já trabalhou na Vogue britânica, foi escolhida anteriormente pelo novo editor-chefe Edward Enninful para permanecer no seu papel de editora de moda contribuinte sênior, apesar da série de demissões de profissionais sêniores na revista.

Ainda não se sabe se essa mudança na liderança da Topshop foi motivada pela própria decisão de Phelan de se concentrar mais na Vogue, ou não. Kate Phelan está na Topshop desde 2011 e Gordon Richardson foi o responsável pela criação da Topman desde a virada do século.

O responsável pela Arcadia, Sir Philip Green, saudou a mudança como o início de uma nova era para as duas marcas à medida que elas se expandem globalmente.

A nomeação surpresa é mais uma das mudanças no topo da organização Topshop/Topman. Há poucos meses, o ex-diretor de merchandising da Burberry foi nomeado como o novo CEO das marcas. Ele assumirá seu cargo no mesmo dia que Hagglund.

Traduzido por Novello Dariella

Copyright © 2017 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirNomeações