Desfiles masculinos: Paris arranca repleta de jovens

A capital francesa recebe o bastão das colecções homem a partir desta quarta-feira (25). Depois de Londres e Milão, das quais se elogia a jovialidade das colecções, parece que, no que respeita à categoria jovial, Paris está bem servida. Do sangue novo bem-vindo à margem dos incontornáveis Valentino, Raf Simons, Dries Van Noten, KrisVanAssche, Lanvin ou Paul Smith, cujas colecções serão apresentadas até ao domingo.

A partir da quarta-feira – o dia dos jovens – a capital francesa receberá a nova sensação russa Gosha Rubchinskiy com a sua primeira apresentação europeia. O criador é um Moscovita fã de skate, patrocinado pelo grupo Comme des Garçons e já aprovado nas lojas Liberty, DSM, Colette, The Broken Arm ou Oki-Ni. Ele vai preceder o primeiro desfile em tamanho natural de ‘menswear’ do criador Christophe Lemaire, cuja marca homónima inicia um novo capítulo.

Relançada na temporada passada, a grife Y/Project apresentará a segunda colecção do sua nova directora artística, a jovem Belga Glenn Martens. À noite, Julien David, laureado com o grande prémio do Andam em 2012, desfilará com algumas peças da sua primeira colecção-cápsula para a Quiksilver.
Études Studio e Gosha Rubinskiy desembarcam no calendário oficial.

Na quinta-feira (26), o esperto Andrea Crews celebrará a sua chegada ao programa oficial masculino. Sob um espetacular foco, já que a sua apresentação, que coincide com a inauguração do seu novo espaço arty na rue de Turenne, está prevista para decorrer entre aquelas de Rick Owens e Louis Vuitton. Chic. No mesmo dia, Paris terá direito, em off, às apresentações das próximas colecções homem de Alexander Wang (em pré-estreia em Nova Iorque) e de Christopher Kane.

No dia seguinte (sexta-feira 27), é a ‘label’ nova-iorquina street e luxo Public School, coroada com um CFDA/Vogue Fashion Fund no inverno passado, que se apresentará à imprensa internacional. Ao passo que vamos assistir, no calendário “on”, ao desfile da casa de moda pela qual o ‘streetwear’ opulento foi revelado, Givenchy por Riccardo Tisci.

A meio caminho, entre o asfalto e a criação, a Études Studio desembarcará sábado no programa oficial da moda masculina. A jovem ‘label’ ‘menswear’ francesa é finalista do decisivo Andam Fashion Award, cujo veredito será revelado no próximo 3 de julho.

O último vencedor, Ami Alexandre Mattiussi, encerrará esta jornada rica em talentos vindos de longe, uma vez que Sacai, Songzio, Wooyoungmi e Miharayasuhiro dividirão o cartaz com Kenzo e Hermès no mesmo dia.

E, pela primeira vez na sua carreira, o Japonês Christian Dada, que contou com a aparição do grupo Kiss no final do seu desfile em Tóquio no passado outubro, desfilará às 14:00 numa garagem do XVI distrito parisiense.

O domingo manterá o público em suspensão, já que, pela segunda vez, deveremos assistir aos trabalhos parisienses de Officine Generale e Umit Benan. Antes de descobrir qual história nos contará esta temporada, haverá também Thom Browne, com o seu comparsa Stephen Jones, que assinará mais uma vez os chapéus do seu desfile espetáculo. A regressão continuará com os gajos de Hedi Slimane para Saint Laurent, ponto de suspensão rock do programa parisiense do próximo verão.

Copyright © 2017 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirDesfiles