Duo português Marques'Almeida leva prémio LVMH para jovens criadores

O prémio LVMH para os jovens criadores de moda foi concedido na passada sexta-feira, 22 de maio, ao duo português Marques'Almeida, que se beneficia de 300.000 euros e do acompanhamento especializado para desenvolvimento da marca durante um ano, anunciaram os organizadores.

Marques'Almeida durante seu desfile outono-inverno 2015 em Londres - © PixelFormula

Marta Marques, 28 anos, e Paulo Almeida, 29 anos, foram recompensados pelo júri, composto nomeadamente dos nove diretores artísticos das maisons do grupo LVMH: J.W. Anderson (Loewe), Nicolas Ghesquière (Louis Vuitton), Marc Jacobs (Marc Jacobs), Karl Lagerfeld (Fendi), Humberto Leon e Carol Lim (Kenzo), Phoebe Philo (Céline), Raf Simons (Dior), Riccardo Tisci (Givenchy).
 
“Eu os parabenizo por seu saber-fazer técnico e por seu trabalho singular com a cor e o couro, que foi notado pelo nosso júri”, declarou Delphine Arnault, diretora-geral adjunta da Louis Vuitton em um comunicado.

Marques'Almeida - outono-inverno 2015 - © PixelFormula

Os dois criadores de moda, que apresentam suas coleções de pronto-a-vestir feminino na Fashion Week de Londres, são provenientes da célebre escola londrina Central Saint Martin e deram seus primeiros passos junto de Vivienne Westwood para uma e de Preen para o outro, antes de criarem sua marca em 2011.

Simon Porte Jacquemus - - © PixelFormula

Um prémio especial foi atribuído ao jovem criador francês Simon Porte Jacquemus, de 25 anos, que ganha 150.000 e um ano de mentoria.
 
Lançado em 2014, o prémio LVMH para os jovens criadores de moda é aberto aos criadores de moda de menos de 40 anos que tenham concebido e comercializado ao menos duas coleções de pronto-a-vestir feminino ou masculino.
 
No ano passado, na sua primeira edição, o prémio LVMH fora entregue a Thomas Tait e dois prémios especiais foram entregues às marcas Hood by Air e Miuniku.

Copyright © AFP. Todos os direitos reservados. A Reedição ou a retransmissão dos conteúdos desta página está expressamente proibida sem a aprovação escrita da AFP.

Luxo - DiversosCriação