Empresas portuguesas na The London Textile Fair

A acontecer na capital inglesa nos dias 19 e 20 de julho, a feira londrina reúne no Business Design Centre centenas de expositores em representação da indústria têxtil internacional. Tendo como objetivo comum conquistar novos clientes, aumentar as exportações e reforçar a presença no mercado britânico, 15 empresas portuguesas estarão presentes no certame, onde irão apresentar as principais novidades das suas coleções.

Empresas portuguesas na The London Textile Fair - Foto:Divulgação

Às empresas Gierlings Velpor, Quickcode, Riopele, Teias de Lona e TMG Textiles / TMG Knittings juntam-se as marcas 6 Dias, Albano Morgado, Burel Factory, J&F João Feliciano, Lemar, M.M.R.A., Texser, Troficolor e Vilarinho, cuja participação é promovida pela Associação Selectiva Moda e pela ATP – Associação Têxtil e Vestuário de Portugal no âmbito do projeto de internacionalização From Portugal.

Presente na feira pela terceira vez, a 6Dias acumula já “excelentes contactos com potenciais clientes” feitos em edições passadas. Lara Braga, internacional comercial da empresa, avança que o mercado britânico foi mesmo o “ponto de partida para potenciar as exportações”. Com a quarta participação no evento, também a J&F João Feliciano, SA procura cativar e fidelizar as marcas inglesas de renome internacional, adianta a comercial da marca, Elisabete Pereira.

“Aumentar, reforçar e solidificar a presença e as relações com o Reino Unido” é, segundo a export sales Fátima Azevedo, igualmente o objetivo da Troficolor. A Burel Factory, que ruma à The London Textile Fair pela oitava vez, vê no mercado britânico um destino “bastante importante para a marca”, não só pelo clima, ideal para os seus tecidos, que têm a lã como matéria-prima, mas também porque a empresa está a investir cada vez mais na arquitetura e revestimentos interiores, algo que é tendência na Inglaterra e norte da Europa, adianta Romeu Lebres, marketing & communication manager da marca.

Para fugir à saturação da oferta no mercado, a Texser vai, por seu lado, a Londres focada em manter a quota de vendas através da singularidade do serviço e de “soluções à medida dos clientes”, adianta José António Ferreira, export sales da marca.
 

Copyright © 2017 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

TêxtilSalões de Moda