Farfetch é a retalhista com crescimento mais rápido do Reino Unido e Primark regista subida das receitas

Desafiando as probabilidades, uma empresa de luxo está a superar alguns dos maiores nomes do setor do Reino Unido no que diz respeito ao crescimento de receitas a retalho. 


Não admira que Yasmin Sewell sorria, visto que a Farfetch, à qual se juntou recentemente, é a empresa de retalho com maior crescimento do Reino Unido - Farfetch

A Farfetch, a plataforma digital de retalho de luxo, que é também proprietária da Browns, está à frente nos resultados, superando grandes potências de retalho como Superdry, Asos e JD Sports.
 
Mas, enquanto a Farfetch lidera em termos percentuais, a Primark registou o maior crescimento em termos financeiros.

Quem o diz é a OC&C Strategy Consultants e a Financo, que divulgaram um índice de crescimento de retalho que revela que a Farfetch disparou para o topo após um crescimento de 70% no ano passado.
 
Em segundo lugar na lista de crescimento percentual encontra-se o The Hut Group, com um crescimento de 50%. O que talvez não surpreendesse se os números fossem relativos a 2017, dada a série de aquisições do Hut nos últimos meses, mas mesmo no ano passado o grupo estava claramente a expandir-se rapidamente.
 
Em terceiro lugar estão, em ex aequo, a JD Sports e a Wren Kitchens, cada uma com 31% de subida nas receitas, enquanto um trio de nomes em expansão – Asos, Well Pharmacy e a cadeia de brinquedos Smyths – alcançou cada um aumento de 28%.
 
Os restantes nomes no top 10 foram a Superdry e a Screwfix, com crescimentos de 27%, e a gigante de descontos B&M, com 25%.
 
Mas, algumas destas empresas foram impulsionadas por aquisições ou são mais pequenas, pelo que as suas percentagens de crescimento poderão não se traduzir em números tão elevados quando em comparação com outros nomes na lista.
 
Se olharmos para o índice do ponto de vista do crescimento das empresas em termos absolutos, como mencionado, a Primark lidera, com um crescimento na ordem dos 602 milhões de libras (678 milhões de euros). Segue-se a JD Sports, com um impulso de 558 milhões de libras (628 milhões de euros). Aqui, a Farfetch aparece apenas em sexto lugar, com uma subida de 268 milhões de libras (301 milhões de euros) no ano passado.
 
Nessa lista, a Burberry surge em quarto, à frente da TK Maxx, da Screwfix e da Morrisons.
 
Em termos globais, a Amazon liderou o ranking com 23,5 biliões de libras (26,47 biliões de euros) extra adicionados às suas receitas no ano passado. Mais do que os quatro seguintes da lista combinados. Em segundo segue-se a JD.com, cuja grande rival, a Alibaba, ficou em décimo.
 
Em termos globais, para empresas que valem menos de 2,5 biliões de libras (2,80 biliões de euros), a Blue Apron, a Farfetch e o The Hut Group foram as que cresceram mais rápido, e mais de metade do top 20 desta categoria era composto por empresas do Reino Unido. 

Traduzido por Estela Ataíde

Copyright © 2017 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirModa - DiversosLuxo - Pronto-a-vestirLuxo - DiversosDistribuiçãoNegócios