Flynx, a nova marca da P&R, começa a ganhar

A primeira prova do calendário nacional da Federação Portuguesa de Ciclismo, realizada este fim-de-semana na região de Aveiro, proporcionou duas estreias auspiciosas. No plano desportivo, Tiago Machado, ciclista da equipa russa Katusha a correr pela selecção nacional, arrasou a concorrência, vencendo a prova. No plano comercial, a P&R Têxteis viu a Flynx, a sua nova marca dedicada exclusivamente a vestuário para esta modalidade, cortar a meta em primeiro lugar, já que as cores nacionais vestem agora esta marca, que é também patrocinadora da Federação Portuguesa de Ciclismo.


Lançada em Outubro no Festival Bike de Santarém, a marca Flynx teve a sua estreia precisamente na corrida realizada agora em Aveiro. Na sequência da recente reorganização da empresa CMD (acrónimo de Comercialização de Marcas Desportivas), que faz parte do grupo P&R Têxteis, foram criadas as marcas Onda Wetsuits, dedicada ao surf, e a Flynx, anteriormente designada Onda Bike.

Além de patrocinar as cores nacionais no ciclismo e no triatlo, a Flynx, que faz equipamentos personalizados para estas duas modalidades, é também patrocinador de uma equipa do pelotão nacional, a Rádio Popular Boavista.

Numa nota à imprensa, a Flynx explica que “os novos equipamentos da selecção nacional de ciclismo procuram transmitir uma imagem renovada à equipa Portugal, valorizando mais a identidade nacional e procurando ao mesmo tempo uma aliança poderosa entre conforto e performance”.

“A equipa da Flinx colocou no desenvolvimento deste projeto o mesmo entusiasmo e a mesma determinação que os nossos ciclistas nacionais colocam em prova sempre que representam” a selecção, acrescentam.

A nova marca desenvolveu “uma peça com um fitting extremamente elegante que incorpora um material leve (110 gr/m2) com provas dadas em túnel de vento no que toca ao aerodinamismo, de secagem ultra rápida proporcionada através de uma elevada velocidade de espalhamento da humidade (6 mm/s), mas sem comprometer a protecção UV”.

Para o efeito, a Flynx usou um material com certificação Oekotex© (isento de substâncias nocivas) e Bluesign© e que como tal respeita a sustentabilidade do planeta.

O calção tem pernas em material com tecnologia de corte limpo e com um compromisso optimizado entre compressão e conforto/mobilidade.

Com 15% de lycra e uma estabilidade multidirecional que garante uma excelente contenção muscular aos grupos que mais trabalham na pedalada. Este material compacto com 192 gr/m2, proporciona uma compressão diferenciada à largura e ao comprimento, optimizando assim o compromisso entre compressão e elasticidade nas diferentes solicitações mecânicas. A terminação interior do punho é em grip de silicone suave.

Já o equipamento para contra-relógio é uma combinação na parte superior entre o material liso utilizado no jersey e um material leve (135 gr/m2), super elástico (25% de elastano) de superfície irregular tridimensional, com vantagens comprovadas em túnel de vento, distribuído de forma estudada na área superficial do fato, para proporcionar uma vantagem aerodinâmica nas posições e nos regimes competitivos da modalidade de contra-relógio.

Copyright © Jornal T. Todos os direitos reservados.

DesportoColeção