Gap obtém bons resultados no segundo trimestre

A Gap Inc. obteve resultados melhores do que o esperado no segundo trimestre e aumentou sua previsão de lucro para o ano inteiro. A conquista se deve, em grande parte, pela forte demanda de produtos da Old Navy e pela redução dos descontos. As ações da empresa subiram cerca de 5%.


Old Navy

As vendas globais da empresa aumentaram 1% nos trimestre encerrado em 29 de julho. Este é o terceiro trimestre consecutivo em que as vendas comparáveis da Gap aumentam, impulsionadas pela Old Navy, marca do grupo que vende roupas com preço mais baixo. As vendas da Old Navy subiram 5%, superando a estimativa média dos analistas, de 3,1%.

A Old Navy, o maior contribuinte de receita da Gap, aumentou suas vendas comparáveis em sete dos últimos 10 trimestres, um ponto bastante positivo para a empresa, que enfrentou dificuldades com a Gap e Banana Republic. As vendas comparáveis da Gap aumentaram 1% no segundo trimestre, enquanto as Banana Republic caíram 5%. Apesar disso, ambos os resultados foram melhores que os do ano passado.

A receita total da empresa caiu 1,4% para 3.799 bilhões de dólares, superando a estimativa de analistas, que era de 3.77 bilhões de dólares, de acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S.

O lucro líquido subiu para 271 milhões de dólares, ou 68 centavos por ação, dos 125 milhões de dólares anteriores, ou 31 centavos por ação. O último trimestre incluiu um ganho de 64 milhões de dólares com receitas provenientes de seguro, enquanto o do mesmo trimestre do ano anterior incluiu 135 milhões de dólares em custos de reestruturação.

Excluindo os ganhos relacionados ao seguro, a Gap ganhou 58 centavos por ação, superando as estimativas de analistas, que era de 52 centavos. A Gap aumentou a previsão de lucro ajustada do ano fiscal de 2017 de 2,02 a 2,10 dólares por ação, anteriormente entre 1,95 a 2,05 dólares por ação.

As ações da empresa aumentaram 5,4% para 23,90 dólares na negociação da quinta-feira. Elas subiram mais de 13% imediatamente após a divulgação do relatório dos resultados da Gap.

Traduzido por Novello Dariella

copyright_reutersapi

Moda - Pronto-a-vestirNegócios