Gaultier Paris: Homenagem a Pierre Cardin

Pierre Cardin continua a dar frutos. O mais velho couturier do mundo, com 95 anos, esteve na primeira fila do mais recente desfile de alta costura da Gaultier Paris. A coleção foi generosamente dedicada a Cardin pelo seu antigo assistente, Jean-Paul Gaultier.
 

The show's live stream

O desfile decorreu em frente a uma projeção de imagens que lembravam as muitas épocas de Cardin, do Futurismo aos estilos Pop Star e motivos gráficos psicadélicos dos anos 60.
 
“Pierre Cardin é uma maravilha. E acho normal homenagear um designer que abriu tantas portas para todos nós. A liberdade e criatividade que ele representa! Sem uma grande organização, ele mudou a história da moda”, disse Gaultier entusiasmado num backstage lotado, onde outro designer, Nicholas Ghesquière da Louis Vuitton, e a atriz Marion Cotillard se juntaram ao grupo de paparazzi.
 
Jean-Paul deu início à ação com alguns vestidos holográficos, em redemoinhos de preto e branco, seguidos por magníficos smokings e casacos Spencer com franjas e couro franzido. O momento Era Espacial de Cardin foi recordado com penteados extraterrestres – bobs que brotavam de cabelos em formato de origami – e alguns casacos de super heroínas.
 
Gaultier adicionou alguns dos seus próprios clássicos, nomeadamente um vestido trench-coat extremamente desconstruído com mangas mutton, que conquistou uma explosão de aplausos, enquanto Jacques Dutronc cantava Les Playboys na banda sonora.
 
“Eu soube que Jean-Paul tinha um grande talento assim que o conheci. E como é que podemos não admirar alguém que produz excelente couture há décadas?”, disse Cardin à FashionNetwork.com.
  
Gaultier até evocou as influências orientais de Cardin – Pierre foi o primeiro designer ocidental a vender os seus jeans na Rússia e o primeiro criador a ter uma marca de restaurante, Maxim’s, que abriu em Pequim. O resultado: fatos de calça monocromáticos em waffle jacquard dignos de uma imperatriz da Dinastia Ming dos tempos modernos.
 
“O meu primeiro trabalho na moda foi com Pierre Cardin. Embora ele seja na verdade italiano, Pietro Cardini, de uma família nascida em Veneza. Comecei a trabalhar no seu estúdio no dia em que fiz 18 anos. Dá para imaginar? Estou um bocadinho mais velho agora”, brincou Gaultier. Para que se saiba, Jean-Paul tem 65 anos.

Traduzido por Estela Ataíde

Copyright © 2018 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - DiversosDesfiles