Gucci Wooster abre portas em Nova Iorque

Foi inaugurada, no domingo (6), uma nova loja da marca italiana de luxo Gucci, na Wooster Street, no SoHo, em Nova Iorque. Um destino de retalho inovador que canaliza a herança artística do bairro e propõe serviços e experiências originais.


Interior da Gucci Wooster - Gucci

A loja de cerca de 3 mil metros quadrados, localizada numa antiga fábrica de lápis, de 155 anos, apresenta tijolos restaurados, piso de madeira, teto de estanho e colunas industriais. O mobiliário suave acrescenta toques de cor ao espaço com tons ousados ​​e estampados Gucci, enquanto o piso apresenta três obras de arte vibrantes pintadas à mão por artistas italianos.
 
A Gucci Wooster abriga as linhas de prêt-à-porter masculinas e femininas da marca, joias, acessórios e artigos para a casa, expostos em toda a loja em peças decorativas, bem como nas montras vintage e nos carrinhos de bagagem.

O verdadeiro apelo do espaço, no entanto, é a experiência do cliente. A loja é a primeira a oferecer o Gucci DIY, uma ferramenta de personalização que permite aos clientes personalizar itens de viagem unissexo, como malas, assim como as icónicas sapatilhas Ace, com diferentes cores e tecidos, utilizando a tecnologia de realidade aumentada para que os consumidores possam visualizar as suas peças personalizadas em tempo real.
 
Outro destaque do espaço, uma sala de projeção equipada com poltronas laranja, fones Muzik e ecrãs de vídeo 3D inovadores, sem a necessidade óculos, procura oferecer aos clientes uma experiência de imersão na marca. O espaço vai abrigar uma série rotativa de projetos artísticos, começando com um filme dirigido por Wu Tsang e Adam Csoka Keller sobre a cena da house music de Nova Iorque, parte de um projeto colaborativo entre a Gucci e Frieze, que celebra o 30º aniversário de Second Summer of Love.

Procurando canalizar o legado artístico do bairro, a Gucci Wooster também assinou uma série de outros projetos colaborativos. John "Jellybean" Benitez, ícone da cena dos clubes noturnos de Nova Iorque nos anos 80, será o DJ residente do destino de retalho até ao início de 2019, sendo responsável pela playlist da loja durante esse período. A revista Interview, baseada em SoHo, de Andy Warhol, irá reimprimir uma icónica edição de dezembro de 1985, que teve Madonna na capa, na qual várias instituições do bairro - de restaurantes a lojas e museus - foram convidadas a aparecer, em grande parte através de anúncios.
 
Para celebrar a inauguração da loja, a colaboração da Gucci com o “padrinho da moda hip hop”, o alfaiate baseado no Harlem, Dapper Dan, também estará disponível na Gucci Wooster dois meses antes do seu lançamento global.

Numa tentativa de levar estas parcerias criativas a um outro patamar, uma série de conversas com os colaboradores Jellybean, Dapper Dan e Wu Tsang também estão disponíveis como podcasts da Gucci.
 
A indústria do luxo continua a explorar estratégias que enfatizem ainda mais a exclusividade e os serviços de alto padrão. A Gucci Wooster abre logo após outro destino de retalho idiossincrático da marca, o Gucci Garden, inaugurado no início do ano num palazzo de 681 anos, em Florença, Itália.

A loja do SoHo foi inaugurada com uma festa privada no sábado à noite, que contou com a presença de Rihanna, A$AP Rocky, Jared Leto, Alexa Chung e Dapper Dan.
 
A Gucci Wooster já está em funcionamento no número 63 da Wooster Street, em Nova Iorque.

Traduzido por Novello Dariella

Copyright © 2018 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Luxo - Pronto-a-vestirLuxo - AcessóriosLuxo - CalçadosJoalhariaLuxo - DiversosDistribuição