Havaianas: rainha dos chinelos quer ser a dona do verão europeu

A Havaianas abriu uma nova flagship, com 197 m², no Chiado, em Lisboa, onde apresenta a sua coleção de roupa, até agora apenas disponível no Brasil e que vai também ser posta à venda na Itália.

Nova flagship, no Chiado, em Lisboa

“Queremos ser a marca de referência de lifestyle do verão dos pés à cabeça”, afirma Guillaume Prou, o responsável da marca brasileira pelos 46 mercados na Europa, África e Médio Oriente.

“Portugal é um mercado prioritário. O que funcionar em Portugal podemos depois levar para a Europa. É um bom mercado-piloto e tem um bom nível de aceitação e conhecimento da marca para podermos introduzir novas categorias para o consumidor”, justifica Guillaume Prou.

“Dentro de Lisboa, o Chiado é a combinação perfeita: tem muito fluxo de turistas e muitos locais que vão lá às compras. É provavelmente o melhor sítio para expor a marca e para a novidade que estamos a trazer: a linha de vestuário”, acrescenta.

A marca já tinha uma loja na Rua Garrett, em Lisboa, mas o espaço de 40 m2 era demasiado pequeno para receber a linha de vestuário da Havaianas.  Será nas lojas próprias (está no Porto, Portimão e vai abrir no Funchal) que a Havaianas vai  comercializar a coleção de roupa para homem e mulher.

“Temos 55 anos de experiência no chinelo, somos os reis do chinelo, sabemos praticamente tudo. No têxtil não sabemos tanto. A nossa linha de vestuário foi lançada há três anos no Brasil e a exposição no têxtil não é tão simples dentro do retalho. Primeiro vamos testar dentro nas nossas lojas, ver o que funciona, qual o mix que temos de oferecer no wholesale. Uma vez dentro das cadeias de retalho não temos uma segunda oportunidade”, conclui Guillaume.

Copyright © 2016 Jornal T

Copyright © Jornal T. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirModa - AcessóriosModa - CalçadosÓculosDistribuição