Isabel Marant lança a sua moda masculina

Isabel Marant lançou uma coleção de prêt-à-porter masculino e basta apenas um olhar para perceber que as roupas têm o ar cool, rocker e prático, e o toque boémio que se espera da estilista parisiense. Todos os looks contêm o ADN da marca e a coleção parece destinada a ter o mesmo sucesso da feminina.



"Decidi criar essa linha porque estava cansada de ouvir meus amigos e funcionários queixarem-se diante das coleções femininas, exclamando: 'Oh, se alargasse um pouco esse colarinho, eu poderia vestir esta peça', ou 'Se fizesse este casaco em tamanho maior, servia-me perfeitamente'. Então eu pensei: OK, vou fazer isto!.", brincou Isabel Marant durante um jantar íntimo, realizado na noite de 16 de janeiro no seu showroom parisiense estilo loft na Place des Victoires.

Resultado: casacos em lã às riscas cinza-claro que pareciam quase cortados em ângulo; Camisas de padrão floral hippie, uma série de elegantes casacos de safari cáqui e casacos western com desenhos indígenas.
 
Isabel Marant queria algo simples. O seu trabalho nunca foi complicado. "A roupa masculina inspirou a moda feminina durante anos, então eu estou a devolver um pouco... como uma espécie de transposição", explicou a designer, que fundou a sua marca em 1994.
 
"Há também algo um pouco cigano, um pouco nómada. Eu sou assim.", acrescentou, vestida com jeans cinzentos e uma casaco de smoking oversized com corte impecável.



O plano é introduzir a sua moda masculina no seu canal de vendas online e em secções das suas lojas existentes, como a Galeries Lafayette em Paris.
 
"Eu mesma desenhei a linha, apesar de ter obtido grande ajuda de Barnabé Hardy. Mas, como pode ver, ela tem muito de mim", disse com um amplo sorriso.

Esta nova coleção é a primeira grande decisão de Isabel Marant desde que vendeu metade do seu negócio ao fundo de investimentos Montefiore em julho de 2016. Um executivo da Montefiore, Anouck Duranteau-Loeper, é agora CEO da Isabel Marant, que está registar um crescimento constante nas vendas e sua rede de lojas.
 
"Sabe, até certo ponto, se não se continuar a crescer, começa-se a desaparecer. Este investimento permitir-nos-á expandir da maneira que devemos", destacou Isabel Marant, cuja empresa tem vendas anuais de cerca de 200 milhões de euros.
 
Apenas no ano passado, a Isabel Marant abriu lojas em Barcelona, ​​Ibiza e, claro, na China. "Mesmo um pequeno pedaço da China pode gerar muito dinheiro!", afirmou.

"Para o prêt-à-porter masculino, não queria que as roupas parecessem muito novas. Pela manhã, as pessoas não querem pensar muito sobre o que vão usar", disse, enquanto batia as cinzas de seu cigarro numa concha de ostra, pouco antes dos 40 privilegiados convidados se sentarem à mesa para desfrutar de um cordeiro cozido durante sete horas e ouvir um pequeno concerto do cantor francês Lomépal.

Traduzido por Novello Dariella

Copyright © 2018 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirLuxo - Pronto-a-vestirColeção