L'Oréal: aumento no lucro com fortes vendas na divisão de luxo

A fabricante da Maybelline, a L'Oréal, anunciou que registou aumento no lucro no primeiro semestre do ano, graças às fortes vendas na Ásia e à sua unidade de cosméticos de luxo, que engloba marcas como a Lancôme.


La modelo Gigi Hadid en la campaña de Maybelline, propiedad del grupo L'Oréal

O grupo francês de cosméticos informou que o seu lucro operacional cresceu 1,8% ante o mesmo período do ano passado, para 2,58 mil milhões de euros, em linha com a previsão de analistas numa pesquisa da Inquiry Financial para a Reuters, enquanto as margens atingiram 19,2%.

As receitas caíram 0,2% em relação ao ano anterior, para 13,4 mil milhões de euros no período, mas aumentaram 6,6% em termos comparáveis, o que elimina as flutuações cambiais e as mudanças no portfólio.

Apenas no segundo trimestre, as vendas like-for-like aumentaram 6,3%, um crescimento acima do esperado, em comparação com o aumento de 6,8% da receita registado no primeiro trimestre.

Traduzido por Novello Dariella

© Thomson Reuters 2018 Todos os direitos reservados.

CosméticaBeleza - DiversosNegócios