London Fashion Week: Dunhil em movimento com as primeiras idéias de seu novo designer, Mark Weston

A grande estréia desta temporada em uma grande marca britânica foi a chegada de Mark Weston na Dunhill, a venerável marca amada por James Bond.

Dunhill

Weston juntou-se a Dunhill vindo da Burberry, onde passou nove anos como vice-presidente sênior de moda masculina, reportando a Christopher Bailey. Vendo que Bailey, em termos comerciais, é o designer mais bem sucedido da Grã-Bretanha, além de ser um criador verdadeiramente inventivo, Weston vem com um pedigree considerável.
 
Quão bom foi o seu desempenho? Weston é um designer altamente competente, que já em uma temporada injetou elegância, traço e sagacidade em uma marca um pouco empoeirada. Para sua estréia Weston mostrou uma seleção de looks outono 2017, bem como uma coleção completa primavera 2018.
 
Blazers desconstruídos de cashmere usados com jeans negros como a noite; casacos militares forrados com pele de coelho; ternos suavemente cortados com clazers de dois botões usados com tênis branco - visto em um quarteto de charmosos modelos asiáticos. A passarela foi montada no andar de cima na loja flagship da marca na 133 New Bond Street.

Havia também alguns excelentes novas bolsas esportivas em couro, gravadas com 2 Davies Mayfair, o endereço original da primeira loja aberta por Alfred Dunhill, em 1893. E uma nova versão em prata do icônico isqueiro da marca - um companheiro constante de 007.


Dunhill

 "O que eu quero para Dunhill é ser relevante. Fazer ótimas roupas, para os nossos tempos. Ser britânica, mas com uma visão internacional ", explicou Weston, um designer experiente que passou pelas marcas Donna Karan e Coach em Nova York antes de entrar para a Burberry.
 
Embora muitas vezes descrita como uma clássica marca britânica de alfaiataria, a Dunhill começou a vida como um negócio de selaria em 1893, crescendo para se tornar um fornecedor de artigos de couro de alta qualidade e, em seguida, vestuário, no nascimento da indústria automobilística. Desenvolveu boutiques elegantes - conhecidas como Casas - para as classes altas nas principais cidades. A sua emblemática flagship na New Bond St continua com essa tradição.

A Dunhill é uma subsidiária do Richemont, um dos três gigantes mundiais do luxo, com base na Suíça, mas cujo fundador e principal acionista, Johann Rupert, é Sul-Africano. A marca Inglesa, que é dona de uma cadeia de 70 lojas em todo o mundo, não publica dados anuais sobre as vendas.
 
 

Copyright © 2017 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Luxo - Pronto-a-vestirLuxo - AcessóriosLuxo - CalçadosLuxo - DiversosCriaçãoColeção