PVH Corp eleva as projeções para o ano, impulsionada pela Calvin Klein e Tommy Hilfiger

O impulso contínuo nos negócios da Calvin Klein e Tommy Hilfiger permitiu novamente à PVH Corp superar as expectativas no seu terceiro trimestre. Como resultado, a empresa elevou suas projeções para o ano todo.


A PVH Corp aumentou as suas receitas no terceiro trimestre graças à Calvin Klein e Tommy Hilfiger - Facebook: Calvin Klein

A PVH registou uma receita de 2,4 mil milhões de dólares no terceiro trimestre, um aumento de 5% em relação ao período do ano anterior. O lucro por ação foi de 3,05 dólares no terceiro trimestre.
 
A receita na Calvin Klein aumentou 6% para 943 milhões de dólares no trimestre. Embora a receita internacional tenha aumentado 20% para 467 milhões de dólares, graças ao atacado na Europa e aos bons resultados no retalho, sua receita na América do Norte diminuiu 5% para 476 milhões de dólares.
 
Enquanto isso, a receita da Tommy Hilfiger no trimestre aumentou 10% para mil milhões de dólares, com crescimento no negócio internacional e norte-americano. A receita internacional aumentou 16%  para 609 milhões de dólares, enquanto a receita da América do Norte aumentou 2% para 410 milhões de dólares.

"Estamos muito satisfeitos com o forte desempenho no terceiro trimestre, que excedeu as nossas expectativas apesar dos múltiplos desastres naturais que impactaram negativamente os nossos negócios na América do Norte. Continuamos a superar o nosso plano para 2017, mesmo com os investimentos de marketing adicionais que fizemos, impulsionados em grande parte pelo foco contínuo nos nossos negócios Calvin Klein International e Tommy Hilfiger, e pela eficiência operacional em curso no nosso modelo de negócios diversificado", afirmou Emanuel Chirico, presidente e CEO do grupo, em comunicado.

"Acreditamos que, com o incrível poder da Calvin Klein e Tommy Hilfiger, continuaremos a aumentar a nossa participação de mercado e conseguiremos capitalizar as significativas oportunidades de crescimento das marcas no futuro", acrescentou.
 
A empresa espera agora que a receita do ano inteiro de 2017 aumente aproximadamente 7%. Enquanto isso, o lucro por ação de 2017 numa base GAAP deverá manter-se na faixa de 6,80 a 6,82 dólares, em comparação com 6,79 dólares em 2016.

Traduzido por Novello Dariella

Copyright © 2017 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirNegócios