Prada volta a crescer enquanto continua reforma

O grupo italiano de artigos de luxo, Prada, informou na sexta-feira (9) que vai voltar a crescer este ano, pois está trabalhando para impulsionar as vendas nas lojas e também investindo em sua plataforma online.


Ver o desfile
Prada - Outono-Inverno 2018 - Moda Feminina - Milão - © PixelFormula

"Nossa administração, apoiada pelos resultados encorajadores alcançados nos primeiros meses de 2018, está confiante de que este ano teremos um crescimento sustentável", afirmou a Prada em comunicado.

O grupo com sede em Milão havia informado anteriormente que esperava retornar ao crescimento de vendas e lucros em 2017 depois de ser atingido por uma desaceleração do setor de luxo.

Mas, em setembro, a Prada ressaltou que levaria mais tempo do que o esperado para recuperar a empresa, pois ainda estava empenhada na renovação de sua rede de varejo, se concentrando em marketing, vendas digitais, e atualizando sua gama de produtos.

A Prada disse que as vendas pro-forma do ano passado caíram 3,8% para 3,01 bilhões de euros e os principais lucros caíram 7,3% para 588 milhões de euros.

O grupo reportou resultados pro-forma para 2017 pois migrou o final de seu ano fiscal de janeiro, para dezembro, com o objetivo de alinhar empresa às práticas contábeis internacionais padrão.
 

Traduzido por Novello Dariella

copyright_reutersapi

Luxo - Pronto-a-vestirLuxo - AcessóriosLuxo - CalçadosLuxo - DiversosNegócios