Puig adquire participação maioritária na Dries Van Noten

A Puig anunciou, a 14 de junho, ter adquirido uma participação maioritária na Dries Van Noten. O estilista belga, que fundou a sua marca em Antuérpia, em 1986, permanecerá como diretor criativo e presidente do conselho de administração da empresa.


Marc Puig, CEO do grupo Puig, e Dries Van Noten - Puig

"A Dries Van Noten é uma marca com forte reconhecimento a nível internacional, com uma abordagem criativa forte e única e códigos altamente identificáveis. É também uma empresa sólida, construída ao longo dos últimos 30 anos. Uma empresa como a Puig, que trabalha para um crescimento natural e lógico, enquanto grupo de moda e perfumaria, está muito bem posicionada para apoiar o desenvolvimento da marca", disse o grupo espanhol num comunicado.

Dries Van Noten, anteriormente acionista maioritário, irá manter uma participação minoritária na empresa, de um montante que as partes interessadas não quiseram divulgar. Esta aquisição de uma participação maioritária pela Puig concentra-se no negócio de moda feminina e masculina da casa, mas poderá também significar novos desenvolvimentos em matéria de perfumes, domínio de eleição do seu novo proprietário. Dries Van Noten lançou a sua primeira fragrância em 2013, em parceria com Frédéric Malle.

Dries Van Noten, conhecido como um dos "seis de Antuérpia" (em referência aos seis reconhecidos estilistas belgas que passaram pela Real Academia de Belas Artes de Antuérpia) e o seu novo acionista maioritário fizeram questão de salientar que não haveria uma mudança imediata na gestão da marca, preferindo inicialmente estabelecer um plano de desenvolvimento por etapas, e que a sede da casa permanecerá em Antuérpia.

Ver o desfile
Dries van Noten - outono-inverno 2018 - © PixelFormula

A marca Dries Van Noten conta atualmente com oito flagships, incluindo três filiais em Antuérpia e Paris e cinco franquias na Ásia e no Médio Oriente, mas também cerca de trinta concessões em grandes armazéns. A marca é distribuída em 560 pontos de venda em 52 países. De acordo com diferentes estimativas, a empresa atingirá um volume de negócios superior a 50 milhões de euros por ano.

O grupo Puig conta igualmente com outras quatro marcas de moda no seu portfólio: Jean Paul Gaultier, Carolina Herrera, Nina Ricci e Paco Rabanne.

A Puig registou um volume de negócios de 1,93 mil milhões de euros, um aumento de 8,1% em relação a 2016.

Traduzido por Estela Ataíde

Copyright © 2018 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Luxo - Pronto-a-vestirCriaçãoNegócios