Receita da Under Armour ganha impulso global

A empresa americana de artigos desportivos Under Armour Inc. superou as estimativas de Wall Street ao registar um aumento de 8% na sua receita no segundo trimestre, uma vez que um recente aumento no investimento em mercados internacionais começou a render dividendos.


Receita líquida cresceu quase 8%, para 1,17 mil milhões de dólares - Divulgação

As vendas na América do Norte também aumentaram 1,6%, interrompendo uma série de quedas sucessivas durante vários trimestres, e as ações da empresa sediada em Baltimore aumentaram quase 4%, para 20,48 dólares.

Com a concorrência das gigantes Nike Inc e Adidas AG, a Under Armour mudou o foco para os seus mercados internacionais, e as vendas na Europa e na Ásia aumentaram 31% e 34% por cento, respetivamente.

O prejuízo líquido da empresa, no entanto, aumentou para 95,5 milhões de dólares, ou 21 cêntimos por ação, no segundo trimestre encerrado a 30 de junho, de 12,3 milhões de dólares, ou 3 cêntimos por ação, um ano antes.

Os custos gerais, de vendas e administrativos aumentaram 10%, para 553 milhões de dólares, principalmente devido aos seus investimentos adicionais.

Excluindo certos itens, a Under Armour perdeu 8 cêntimos por ação, em linha com as estimativas dos analistas, de acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S.

A receita líquida subiu quase 8%, para 1,17 mil milhões de dólares, superando a estimativa média de analistas de 1,15 mil milhões de dólares.

Traduzido por Novello Dariella

© Thomson Reuters 2018 Todos os direitos reservados.

DesportoNegócios