Retalhista francesa Casino em negociações para comprar empresa de calçado Sarenza

Face à competição da Amazon e outras empresas digitais, a Casino, operadora francesa de supermercados, procura fortalecer a sua presença online, tendo iniciado negociações exclusivas para a compra da retalhista online de calçado Sarenza.


Sarenza

A Sarenza gerou vendas superiores a 250 milhões de euros durante o seu último ano fiscal e, a acontecer, a sua aquisição segue-se à parceria de comércio eletrónico estabelecida, em novembro, entre a Casino e a Ocado, numa altura em que a revendedora francesa procura estabelecer a presença online da sua rede de supermercados Monoprix.

A Casino, cuja classificação de crédito pela Standard & Poor's desceu para lixo em março de 2016, está sob pressão para reavivar os lucros em França, o seu maior mercado, onde atualmente realiza mais de 50% das suas vendas, numa altura em que o crescimento no Brasil, o seu segundo maior mercado por receita, está mais lento.

“Ao adquirir a Sarenza e os seus conhecimentos, o Grupo Casino consolidará a sua posição como líder francês no retalho urbano online”, disse em comunicado o presidente e diretor executivo da Casino, Jean-Charles Naouri.
 
No início deste mês, a Amazon anunciou os seus planos para criar dois mil novos empregos em França, mais um sinal das ambições da gigante online norte-americana de crescer no país.

Por sua vez, os operadores de supermercados tradicionais, como a Casino, a líder do setor Carrefour e a empresa privada Leclerc, tomaram medidas para lidar com a concorrência da Amazon.
 
No mês passado, a Leclerc anunciou o lançamento de um serviço de entrega de comida em Paris, enquanto a Carrefour estabeleceu uma parceria na China com a Tencent e disse que aumentaria os seus investimentos no setor.

Traduzido por Estela Ataíde

© Thomson Reuters 2018 All rights reserved.

Moda - CalçadosLuxo - CalçadosNegócios