Richemont anuncia crescimento sólido no terceiro trimestre

O grupo Richemont, proprietário da Cartier, anunciou na terça-feira (9) um sólido crescimento nas vendas do trimestre até 31 de dezembro, impulsionado pela região Ásia-Pacífico e por uma forte procura por joias.


Cartier

Os resultados são otimistas para a indústria de acessórios de luxo. Os produtores de relógios suíços melhoraram as suas vendas e lucro no último ano depois de um período de grande dificuldade, graças a um novo interesse em relógios de luxo despertado no mercado chinês, onde estão os seus clientes mais importantes.

"O crescimento de dois dígitos na Ásia-Pacífico foi impulsionado pela China, Coreia, Hong Kong e Macau", disse o segundo maior grupo de luxo do mundo, conhecido também por deter as marcas IWC e Piaget, em comunicado.

O crescimento das vendas em moeda constante caiu 7% em relação aos 12% dos seis meses anteriores até 30 de setembro, refletindo a retoma do crescimento no último trimestre de 2016.

A região da Ásia-Pacífico, que representa cerca de 40% das vendas do grupo, e as marcas de joias da Richemont, como a Cartier e a Van Cleef & Arpels, cresceram 11% em moeda constante. "Um aumento que foi impulsionado por joias, pela Ásia e o Médio Oriente", afirmou o analista da Kelper Cheuvreux, Jon Cox.

"O facto de a empresa estar a racionalizar a sua rede de distribuição de venda por atacado e a registar crescimento é impressionante. O mercado está provavelmente a subestimar o atual ambiente positivo para os artigos de luxo", acrescentou.

A desaceleração forçou a Richemont e os seus rivais, como o Swatch Group, a reduzir o excesso de stock, oferecer produtos mais baratos e ceder às vendas online e aos smartwatches.

A Richemont também mudou quase toda a sua equipa de gestão, incluindo a maioria dos seus diretores de marca. Em novembro, a empresa nomeou Jerome Lambert para liderar as marcas de relógios e moda do grupo.

Traduzido por Novello Dariella

© Thomson Reuters 2018 Todos os direitos reservados.

JoalhariaLuxo - DiversosNegócios
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER