Rita Sá entre os finalistas em concurso europeu de moda

A estilista Rita Rodrigues de Sá está entre os 10 finalistas do Rebelpin, concurso de moda e design promovido pela European Textile Collectivities Association (ACTE). Para além de nomeada para a categoria “Jovem Empreendedor”, a portuguesa vai ainda a votos pelo prémio do público.


Dirigido a estudantes e empreendedores, o Rebelpin foi criado pela ACTE para promover a competição entre os jovens mais promissores da área da moda. Na edição deste ano, os candidatos foram desafiados a apresentar novos trabalhos sob o tema “Light in the night”, associado a uma vida ativa e uma noite glamorosa. A integração de soluções têxteis sustentáveis era outro dos critérios do concurso.

Depois de uma primeira fase de análise, o júri – do qual faz parte Inês Marques, da Têxteis Adalberto – anunciou a lista de finalistas. Rita Sá apresentou uma coleção (nas fotos) inspirada na “necessidade de ostentação” e nas “máscaras de quem tenta ser quem não é”, o que lhe garantiu a presença na final. A jovem, recém formada pela Escola Superior de Artes e Design e dar os primeiros passos na moda, encontra-se assim a disputar um prémio europeu no valor de 5000€.

Para além dos prémios atribuídos pelo júri, existirá também o “vencedor do público”, para o qual foi aberta uma votação online, a decorrer até ao próximo dia 19. O finalista mais votado arrecadará um prémio no valor de 1000€.

Os vencedores das várias categorias a concurso serão anunciados durante a semana da moda de Berlim, entre os dias 3 e 7 de julho.

Copyright © Jornal T. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirCriação