S. Roque é a empresa mais rentável

A S. Roque, Máquinas e Tecnologias Laser, é a empresa mais rentável do país no sector da produção de bens, segundo o ranking elaborado pelo Dinheiro Vivo para a revista Star Company. A publicação destaca o facto de ser a primeira vez que a empresa de fabrico de máquinas para a indústria têxtil surge no ranking geral, assumindo logo a posição de topo, cuja ordenação resulta do nível de rentabilidade das empresas.


“A vencedora, e estreante, S. Roque, de Vila Nova de Famalicão, ganhou este ano entrada directa para a lista das 1000 Maiores, e obteve um resultado líquido de 12,6 milhões de euros, com valores de rendibilidade económica e financeira de 42,7% e 58,2%, respectivamente”, destaca a publicação.

Resultados que superaram, assim, os da Continental Mabor – outra empresa a laborar no concelho de Famalicão – que liderou o ranking da rendibilidade nos dois últimos anos. A fabricante de pneus “teve um resultado líquido de 225,8 milhões de euros e uma rendibilidade económica de 40,4% contra uma rendibilidade financeira de 91,2%, valores ainda significativos face ao ano anterior”, indica o Dinheiro Vivo.

Para o sucesso da S. Roque, o jornal aponta que “o ADN inovador que corre nas veias desta PME ajuda a concretizar estas metas”. A prová-lo, indica, “está o crescimento médio na ordem dos 20%, reportado ao longo dos últimos 12 anos de actividade. Em 2016, ano fiscal a que se refere este ranking, o aumento na facturação da S. Roque Máquinas foi de 31,59%, com uma taxa de exportação na ordem dos 76,45%.

Entrevistado pelo T em Março último, Manuel Sá, o CEO da S. Roque, destacava algumas das principais vantagens competitivas da empresa: “Somos muito rápidos a pensar e a executar. Fazemos as máquinas em função daquilo que os clientes pretendem fazer com elas. E aí a negociação já não é quem faz mais barato, mas quem tem melhores soluções”.

A S. Roque é líder mundial na produção de máquinas para estamparia têxtil, factura mais de 40 milhões, emprega 415 trabalhadores e foi distinguida pelo IAPMEI como PME líder e de Excelência pelo quarto ano consecutivo. Actualmente tem clientes um pouco por todo o mundo, com a Europa à cabeça, mas forte presença também noutros continentes, em países como África do Sul, Marrocos, Tunísia, Angola, Kuwait, Índia, China, Vietname, Malásia, Camboja, Rússia, Brasil, Argentina, Peru, Colômbia, Honduras, El Salvador e E.U.A.

Copyright © Jornal T. Todos os direitos reservados.

TêxtilIndústria