Semana da Moda de Nova York fica mais inclusiva

A Semana da Moda de Nova York começou há apenas alguns dias, mas a inclusão já está emergindo como uma forte tendência.


A marca de moda praia e fitness Chromat deixou uma forte mensagem durante a sua apresentação de primavera / verão 2018, recrutando um cast diversificado que incluiu modelos plus size, de meia idade e trans, como Lenya Bloom e Jordyn Woods. Ela também estampou as manchetes com um maiô plus size com um chocker, saltos wedge e meias 7/8 desenhadas por Bandelettes. As meias, que são usadas para proteger contra fricção, foram uma declaração de estilo e aceitação do corpo.

O desfile de Eckhaus Latta apresentou uma modelo grávida cujo vestido abotoado estava aberto, e Christiano Siriano incluiu o modelo masculino Austin K entre seu cast repleto de belezas variadas que desfilaram com os vestidos coloridos de sua colecão "fantasy greenhouse”. O modelo, que também vestiu um terno floral para o evento, publicou uma mensagem de apoio ao conceito do designer em seu Instagram após o desfile, dizendo: "Obrigado @csiriano por cruzar barreiras e representar uma variedade de beleza de verdade em sua coleção Primavera - Verão 18  - foi do jeito que precisava ser - todos crescemos no mesmo jardim".

O multiculturalismo também foi um tema forte ao longo da Semana de Moda de Nova York, e trouxe o "Indonesian Diversity Show” (Desfile da Diversidade da Indonésia), que levou às passarelas modelos em hijabs e abayas, e o desfile "Concept Korea”, que trouxe a modelo madura, Maye Musk.

Traduzido por Novello Dariella

Copyright © 2017 AFP-Relaxnews. All rights reserved.

Moda - Pronto-a-vestirEventos