Semana de Moda de Londres regressa com tudo

A última edição da Semana de Moda de Londres está para começar e, como de hábito, será a oportunidade para admirar o que a moda britânica, mas também internacional, tem de melhor.

Photo: BFC

Os showrooms de criadores da Brewer Street Car Park serão abertos no evento, de 16 a 20 de setembro, onde estarão disponíveis acessórios, bolsas, calçados, joias, 'multilabel' e pronto-a-vestir. Esta temporada, 150 criadores confirmaram presença e, segundo o Conselho Britânico da Moda, "a grande diversidade de origem dos criadores esta temporada ilustra mais do que nunca que Londres está realmente aberta a trocas com o mercado internacional". Talvez uma observação destinada àqueles que pensavam que o mercado britânico ia tornar-se mais insular depois do anúncio do Brexit...
 
Os desfiles de pronto-a-vestir decorrerão no mesmo período, e o primeiro 'podium retail' – aquele da Burberry – terá lugar segunda-feira, dia 19, às 19:30 locais. O programa do sábado será fechado com o desfile Versus Versace, às 21:00, marcando, por outro lado, o regresso da marca italiana à Semana de Moda de Londres. A MM6 Maison Martin Margiela estará também presente esta temporada, depois de ter anteriormente desfilado em Nova Iorque, domingo 18.
 
Segunda-feira, Stephen Jones e Stephen Webster apresentarão a nova gama das iniciativas Headonism e Rock Vault do Conselho Britânico da Moda.
 
Muitos também são aqueles que aguardam o Fashion East show, que apresentará as coleções da A.V. Robertson, Mimi Wade e Richard Malon, bem como aquela de uma recém-chegada, Matty Bovan, a 17 de setembro.
 
Esta temporada, Sophia Webster, vencedora do Designer Fashion Fund, organizado pelo Conselho Britânico da Moda e pela Vogue, será também a criadora oficial da bolsa London Fashion Weekend.
 
Os entusiastas da moda inglesa poderão ainda consultar a conta da Fashion Week no Instagram, @londonfashionweek, para obter informações instantâneas relacionadas ao evento.
 
Esta temporada, será importante manter o ritmo, pois muitas marcas – dentre as quais Topshop e Burberry – tornarão disponíveis alguns artigos da sua coleção logo após os desfiles.
 
Quanto às estrangeiras, etiquetas como Prada, Diane von Furstenberg e Monique Lhuillier tomaram decisões similares, no entanto, numa escala menor, envolvendo uma seleção de artigos. Michael Kors, Tory Burch e Tommy Hilfiger farão o mesmo. Os especialistas do setor estarão sem dúvida nenhuma impacientes para ver o impacto da tendência na Fashion Week este outono.
 
Para mais informações relacionadas aos eventos da Semana de Moda de Londres, clica aqui para ser dirigido/a ao sítio web exclusivo.

Traduzido por Anderson Alexandre Da Silva

Copyright © 2018 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirDesfiles