Setor do calçado quer atrair jovens e diversificar destinos de exportação

Luís Onofre, presidente da APICCAPS, explicou, numa entrevista à espanhola Revista del Calzado, publicada a 29 de setembro, que as prioridades da associação para os próximos três anos passam por “posicionar o setor como uma opção atrativa para jovens qualificados”, bem como consolidar “a presença do calçado português nos mercados europeus” e acelerar a estratégia de posicionamento nos mercados de maior potencial.

Foto: Luís Onofre | Facebook

À frente da APICCAPS (Associação Portuguesa dos Industriais de Calçado, Componentes, Artigos de Pele e seus Sucedâneos) desde maio, o designer de calçado Luís Onofre confessa ter aceitado a presidência da associação “com humildade e sentido de responsabilidade”, sobretudo por suceder a Fortunato Frederico, que liderou a APICCAPS durantes 18 anos, “durante um período em que o setor enfrentou os seus maiores desafios”.
 
Na entrevista, Onofre destaca a importância de valorizar a indústria do calçado “através de uma maior proximidade com os associados, reforçando as capacidades técnicas do setor, desenvolvendo um maior interesse pela conquista de novos mercados e dando valor a todas as gamas de produtos do setor”.
 
Lembrando que Portugal exporta praticamente toda a sua produção para 152 países, tendo exportado, no primeiro semestre de 2017, 43 milhões de pares de calçados, no valor de 960 milhões de euros (um crescimento de 6,3% face ao ano anterior), o responsável nota que, a manterem-se estes valores até ao final do ano, “este será o oitavo ano de crescimento do calçado português nos mercados exteriores”.
 
O presidente da associação diz ainda à Revista del Calzado que, ainda que o mercado europeu seja, “sem dúvida, o principal destino” do calçado português, tem sido feito “um esforço importante de diversificação em mercados extraeuropeus”, sendo que para 2020 “o objetivo do setor é exportar 20% da produção para fora da Europa”.
 
Tendo criado, desde 2010, mais de nove mil postos de trabalho, o setor do calçado tem na captação de “uma nova geração de talentos” uma das suas prioridades. Empenhada em conquistar jovens profissionais para áreas como produção, design, logística, novas tecnologias, marketing ou área comercial, a APICCAPS tem em vigor uma campanha que pretende atrair os mais jovens, aliciando-os a “pertencer à indústria mais sexy da Europa”.
 

Copyright © 2017 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - CalçadosIndústria