Shiseido nomeia ex-LVMH para supervisionar divisão de fragrâncias

A Shiseido nomeou Isabelle Gex como presidente mundial da sua divisão de fragrâncias (president of global fragrances), cargo recém-criado que passará a ocupar a partir do dia 11 de junho.


Campanha do perfume Dolce Garden. A Shiseido detém a licença mundial de perfumes, maquilhagem e cuidados da pele da Dolce & Gabbana desde outubro de 2016 - DR

Antes de ingressar na Shiseido, Isabelle Gex foi CEO e fundadora da Stratlux, empresa especializada na mentoria de start-ups de luxo, moda e arte. De 2001 a 2017, Isabelle Gex trabalhou no grupo LVMH, mais recentemente como consultora sénior em fusões e aquisições. Isabelle Gex também atuou na divisão de beleza e fragrâncias da Chanel.

Dentro do grupo de cosméticos japonês, Isabelle Gex vai liderar os perfumes das marcas Dolce & Gabbana, Narciso Rodriguez, Issey Miyake, Elie Saab, Zadig & Voltaire, Alaïa e Serge Lutens, única marca que continuará a operar independentemente. Trabalhando diretamente sob a liderança do CEO da Shiseido EMEA, Franck Marilly, e do CEO do Shiseido Group, Masahiko Uotani, também vai procurar oportunidades de crescimento externo por meio de branding ou licenciamento de aquisições. Além disso, vai dirigir o centro de perfumaria de excelência do grupo, sediado em Paris.
 
A nomeação de Isabelle Gex faz parte da estratégia do grupo Shiseido, que visa atingir 9% de participação de mercado no segmento global de perfumes em 2020, em comparação com 5,8% em 2016.

Traduzido por Novello Dariella

Copyright © 2018 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

PerfumesCosméticaNomeações