Sonix contrata 120 trabalhadores da Ricon

O Grupo Sonix já contratou 120 ex-colaboradores da Ricon, assegurando desde já o “coração” da empresa, chefias e respetivas equipas, nesta que é apenas a primeira fase de contratação.



Este grupo sediado em Barcelos e dirigido por Conceição Costa (na foto) pretende continuar a contratar trabalhadores da Ricon e tem também uma proposta de arrendamento temporário das instalações e dos ativos. A Sonix revela-se assim um forte player em crescimento no setor.

“Este projeto irá permitir a diversificação da nossa atividade têxtil e a oferta de um portefólio mais alargado de produtos, assim como alavancar uma nova área de negócio que há muito pretendíamos retomar”, afirmou Samuel Costa, administrador do grupo.

“Foi muito gratificante vermos a motivação e adesão em massa das pessoas ao nosso projeto, que irá permitir potenciar qualificações e manter vivo o know-how destes colaboradores num sector com escassez de mão de obra especializada. Tudo faremos para recolocar estas pessoas nos seus antigos postos de trabalho e queremos que voltem o mais breve possível. Esperamos num curto prazo estar em condições de alargar este quadro de colaboradores”, acrescentou.

O grupo exportador de Barcelos já formalizou junto do Tribunal e do administrador de insolvência uma proposta concreta de arrendamento temporário das instalações e dos ativos da Ricon Industrial, assegurando o seu bom funcionamento e conservação, assim como a segurança do edifício localizado na freguesia de Ribeirão, Famalicão.

Fundado há 34 anos por Conceição Dias, o grupo Sonix apresenta uma estrutura de produção vertical e emprega cerca de 400 colaboradores nas suas três unidades industriais no concelho de Barcelos.

O volume de negócios ronda os 60 milhões de euros e exporta 100% do produto acabado para vários países de todos os continentes, tendo como clientes grandes marcas internacionais de moda e vestuário.

Copyright © Jornal T. Todos os direitos reservados.

TêxtilIndústria