Tom Ford abre a Semana de Moda de Nova Iorque

Sensual e altamente vendável, a coleção apresentada por Tom Ford pareceu a forma ideal para o estilista reconquistar a América, já que a NYFW sofreu com a partida de muitas de marcas, que optaram por se apresentar em Paris.


Tom Ford - primavera-verão 2018 - Moda feminina - Nova Iorque - © PixelFormula

Tráfego de supermodelos a caminhar nas passarelas e na primeira fila do desfile, encenado no Uptown Armory, na Park Avenue, numa noite chuvosa e com muito vento, na quarta-feira (5). Cindy Crawford e Helena Christensen foram convidadas para desfilar, assim como estrelas contemporâneas como Gigi Hadid e Kendall Jenner, esta última com um novo corte de cabelo, que lembra Victoria Beckham.
 
Celebridades foram fotografas pelos paparazzi em frente a um enorme muro branco com o logotipo de Tom Ford, de Kim Kardashian a Chaka Khan, e Julianne Moore, que abraçou Ford com entusiasmo após o desfile, suspirando: “É ótimo tê-lo de volta a Nova Iorque!”

A peça-chave da coleção foi o tuxedo jacket, que assim como algumas das melhores ideias de Tom Ford, foi inspirado no seu background na Yves Saint Laurent. Ford também abriu novos caminhos com o seu item mais poderoso, o pagoda shaped dinner jacket com lapelas em cetim, combinado com uma calça de ginástica. Tom Ford dedicou horas no seu estúdio de design, e criou uma coleção com muitas calças inteligentemente cortadas, desde calças de ganga estilo "matador" a jodhpurs.

Todo o desfile remeteu para o estilo clássico anos 80 de Tom Ford: casacos com ombreiras, calças flare alongadas e um par de casacos trench coats de couro, sendo um deles na cor laranja e deslumbrante, que provavelmente vai estar em dezenas de editoriais de revistas. O designer texano até acrescentou peças athleisure com sutiãs esportivos combinados com casacos de oficiais mannish.
 
As roupas para a noite foram mais comerciais. E por que não? Já que Ford construiu o mais recente império da moda dos Estados Unidos. Para citar apenas um exemplo do seu alcance global, Ford venderá quase dois milhões de pares de óculos de sol este ano, com um preço médio acima de 250 dólares, o que significa cerca de meio bilhão no retalho. Considerando que ainda vende em apenas cerca de 7.000 lojas de óculos, enquanto a sua antiga empregadora, a Gucci, vende em quatro vezes esse número, é possível observar que há bastante potencial de crescimento no mercado para a marca Tom Ford.
 
"Por que estou em Nova Iorque? Quero ser consistente, o que significa que pretendo apresentar aqui durante um tempo. É bom estar de volta", sorriu Ford, vestindo fato e gravata pretos.

Após o desfile, metade da plateia de 1.000 convidados dançou na festa de Tom Ford. Virgil Abloh DJed e os empregados perambularam vestidos com calções atléticos e de troncos nus, o que foi bastante ultrapassado, visto que Ford usou a mesma ideia nos seus dias de glória na Gucci.
 
A modelo Cindy Crawford passou pelo bar com o marido, Rande Gerber, assim como EJ Johnson, filho da ex-estrela do basquetebol, Magic Johnson, que posou com a equipa do bar com um vestido de couro preto e salto alto. Coisas que só acontecem em Nova Iorque.

Traduzido por Novello Dariella

Copyright © 2017 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirDesfiles