Vendas a retalho aumentam 5,4% em janeiro

Dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) revelam que o volume de negócios do comércio a retalho registou uma subida de 5,4% em comparação com o mesmo período de 2017, embora se tenha verificado um abrandamento de 0,2% face ao mês de dezembro de 2017 (5,6%).


Segundo os dados divulgados pelo INE, esta desaceleração do índice total resultou de um abrandamento de 1,1 pontos percentuais no agrupamento de Produtos Alimentares, que caiu para uma variação homóloga de 3,1%. Já os Produtos Não Alimentares registaram uma aceleração de 0,6 pontos percentuais para 7,3%.
 
Em termos nominais, em janeiro o índice agregado aumentou 5,4% (6,4% no mês anterior), enquanto as variações dos Produtos Alimentares e Produtos não Alimentares se situaram, respetivamente em 4,0% e 6,5% (6,2% e 6,6% em dezembro). A variação mensal do índice agregado foi de -0,5% (0,1% em dezembro), com o grupo dos Produtos Alimentares a abrandar 1,7% (-0,7% no mês anterior) e os Produtos não Alimentares a registarem uma variação de 0,5% (inferior em 2 pontos percentuais face ao mês anterior).
 
Quanto a outros índices, os dados do INE mostram ainda que em janeiro os índices de emprego, remunerações e horas trabalhadas (ajustadas de efeitos de calendário) apresentaram taxas de variação homóloga de 3,5%, 5,9% e 1,2%, respetivamente (3,3%, 6,6% e 0,1% em dezembro). 
 

Copyright © 2018 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - DiversosBeleza - DiversosEstilo de vida - DiversosNegócios
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER