Vendas da L Brands aumentaram 7% em janeiro

Após um mês de dezembro com vendas fracas, o grupo americano L Brands, que inclui no seu portfólio as marcas Victoria's Secret, Pink e Bath & Body Works, informou na quinta-feira (8) que os seus resultados superaram as expectativas em janeiro. 


As vendas da L Brands aumentaram 7% em janeiro - Facebook: Victoria's Secret

A retalhista com sede em Columbus registou vendas líquidas de 1,04 mil milhões de dólares no período de cinco semanas encerrado a 3 de fevereiro de 2018, em comparação com 805,2 milhões de dólares em relação ao mesmo período do ano passado. Enquanto isso, as vendas comparáveis aumentaram 7% ​​em janeiro.
 
A quinta semana de janeiro de 2018 representou aproximadamente 150 milhões de dólares em vendas e US $ 0,07 de lucro por ação.
 
Quanto às marcas, as vendas da Victoria's Secret aumentaram 4% em janeiro (a marca teve um declínio de 1% durante a temporada de festas em dezembro), enquanto as vendas da Bath & Body Works aumentaram 13%, fazendo a L Brands subir 7%.
 
Este é o primeiro mês em que a L Brands não se prejudicou com a decisão de encerrar as suas categorias de roupas e moda praia da Victoria's Secret, feita em 2016.
 
As vendas líquidas preliminares também aumentaram ligeiramente para 4.823 mil milhões de dólares nas catorze semanas do quarto trimestre, em comparação com os 4.489 mil milhões de dólares reportados no mesmo período do ano passado. As vendas comparáveis do quarto trimestre aumentaram 2%.
 
A empresa espera agora registar ganhos por ação de cerca de US $ 2,05, em comparação com a sua orientação anterior de cerca de US $ 2,00.
 
Os resultados completos do quarto trimestre devem ser reportados a 28 de fevereiro.

Traduzido por Novello Dariella

Copyright © 2018 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirLingerieNegócios