Wolford regista as piores vendas em cinco anos

Mais um ano de quedas para a Wolford. A marca conhecida pelas suas meias high-end viu as suas vendas caírem 3% no período entre maio de 2017 e abril de 2018, em comparação com o ano anterior. As suas vendas baixaram de 154 milhões de euros para 149 milhões de euros, atingindo o seu nível mais baixo nos últimos cinco anos.
 
A Wolford registou as suas piores vendas em cinco anos

Para explicar este declínio, a Wolford citou, entre outros, a ausência de uma direção artística de abril a setembro de 2017 e uma fraca coleção de novos produtos primavera-verão e, portanto, menos compras pelos seus distribuidores. Paralelamente, a marca austríaca, cuja participação maioritária pertence à empresa chinesa de investimento Fosun desde março, observou um fraco comércio de vestuário na Europa, o seu principal mercado, especialmente para lojas multimarca.
 
A Wolford, que cortou 111 funcionários da sua equipa, passando de 1.544 para 1.433, viu os seus indicadores de rentabilidade variarem, incluindo uma melhoria no EBIT, ainda negativo, e uma diminuição nas perdas líquidas, que passaram de 15,72 para 9,22 milhões de euros.
 
O comércio atacadista foi o segmento de mercado com maior queda (-8,4%). A Wolford, que controla 70% da sua distribuição e tem 267 pontos de venda próprios, viu os seus resultados em lojas caírem 3,7%. Por outro lado, as suas vendas na internet, que agora respondem por 11% do total de vendas, aumentaram 23%.
 
"A partir de agora, o nosso lema é “o digital em primeiro lugar", com um melhor uso das redes sociais para atingir os jovens consumidores, mas também o estabelecimento de parcerias com distribuidores online internacionais", especificou a Wolford no comunicado dos seus resultados.
 
Para o futuro, além da sua digitalização, a marca pretende desenvolver-se na Ásia através de parcerias locais, principalmente no Japão. Na China, é acompanhada pela sua investidora, a Fosun, que a ajuda a desenvolver uma estratégia de implementação.

Traduzido por Novello Dariella

Copyright © 2018 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - AcessóriosLingerieLuxo - AcessóriosNegócios