×
260
Fashion Jobs
ADIDAS
Financial Controller & Reporting Senior Specialist (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
SALSA
IT Service Desk Specialist
Efetivo - CLT · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
HR Controlling & Data Analytics Senior Specialist (m/ f
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Manager - Project Management & Strategy
Efetivo - CLT · Porto
 GRUPO CONSTANT SERVIÇOS EMPRESARIAIS, LDA.
Area Manager - Retalho/Moda (m/f) - Lisboa
Efetivo - CLT · Lisboa
ADIDAS
Sales Associate Centro Comercial Norteshopping
Efetivo - CLT · Porto
SALSA
IT Sap Specialist fi/co e HR
Efetivo - CLT · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Gbs Senior Buying Specialist (m/ f) - French Speaker
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
General Ledger Manager (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
H&M
Senior Lawyer - Expansion Department
Efetivo - CLT · Barcelone
SACOOR BROTHERS
Sales Assistant- Arrábida Shopping - Vila Nova de Gaia (m, f)
Efetivo - CLT · Porto
SACOOR BROTHERS
Sales Assistant- Rua Pascoal de Melo (m, f)
Efetivo - CLT · Lisboa
SACOOR BROTHERS
Costureira de Alta Costura- Oeiras Parque (m, f)
Efetivo - CLT · Lisboa
SACOOR BROTHERS
Sales Assistant- Dolce Vita Tejo (m, f)
Efetivo - CLT · Lisboa
LA ESTAMPA
Coordenador de Estilo (m/f)
Efetivo - CLT · BRAGA
FARFETCH
Senior Men Stylist
Efetivo - CLT · GUIMARÃES
FARFETCH
Senior Stylist
Efetivo - CLT · GUIMARÃES
FARFETCH
Stylist Browns
Efetivo - CLT · GUIMARÃES
VALÉRIUS
Estágio - Modelista
Estágio · BARCELOS
MR.MOOD
Estágio - Web Designer
Estágio · PORTO
BOUTIQUE DOS RELÓGIOS
Assistente de Vendas Mandarim - Luxo
Efetivo - CLT · LISBOA
H&M
Area Human Resources For Portugal
Efetivo - CLT · Lisboa

400 PME do têxtil e moda à conquista do mundo

Por
Jornal T
Publicado em
today 7 de jan de 2019
Tempo de leitura
access_time 3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

O reforço da aposta nas exportações marca o arranque o ano e só no primeiro semestre de 2019 as empresas de têxteis e vestuário vão marcar presença em 56 feiras com mais de 400 PME à conquista do mundo. Exportar mais é o objetivo, destaca o jornal Dinheiro Vivo, que aponta ao investimento de 13 milhões de euros por parte da Selectiva Moda e da Associação Têxtil e Vestuário de Portugal (ATP) para promover a internacionalização das empresas do setor.


A estratégia “é não falhar as feiras emergentes em mercados tradicionais e nos mercados emergentes marcar presença nas feiras tradicionais”, diz Manuel Serrão, administrador executivo da Selectiva Moda, enquanto o presidente da ATP acredita que apesar das perturbações internacionais as exportações vão continuar em alta.

“Já em 2018 existiam alguns constrangimentos”, diz Paulo Melo, apontando que mesmo assim a fileira deverá fechar o ano com um crescimento da ordem dos 2%, mantendo assim o ritmo apurado até final de outubro quando as vendas ao exterior ultrapassaram os 4,4 mil milhões de euros. “Acreditamos que se irá manter este nível de crescimento até ao final do ano”, disse ainda presidente da ATP, notando que “o setor está a fechar um ciclo de dez anos de crescimento contínuo”.

E mesmo com algumas incertezas que “podem levar a um travão no consumo” no ano que agora começa – brexit, situação política em Itália e Turquia, guerra comercial entre EUA e China – o sector aposta no reforço da sua estratégia de internacionalização.

Exportar mais é o objetivo, destaca o Dinheiro Vivo, enquanto o administrador executivo da Selectiva Moda reforça que “as empresas não estão dispostas a baixar os braços e o registo da presença de mais de 400 PME nestas feiras, com cerca de mil participações (há empresas que participam em mais de um certame), é disso indicador”.

Segundo Manuel Serrão, os eventos centram-se nos mercados tradicionais da Europa, mas há um foco especial em geografias como o Japão, Estados Unidos, Norte de África (Tunísia e Marrocos) e América Latina (com especial atenção ao Chile e Peru).

Inglaterra será novamente um país de aposta e o brexit não está a impedir que as PME diminuam o interesse por este mercado. “O número de feiras e de expositores tem vindo a aumentar e o interesse das empresas é demonstrativo” da importância deste mercado, refere o administrador executivo da Selectiva Moda. Até outubro, o Reino Unido (o quarto principal destino das exportações) comprou 338 milhões.

A participação das empresas portuguesas nas diversas feiras internacionais é uma iniciativa promovida pela Selectiva Moda e pela ATP – Associação Têxtil e Vestuário de Portugal, que visa promover a internacionalização das empresas portuguesas da área da Moda. O projeto From Portugal é cofinanciado pelo Portugal 2020, no âmbito do Compete 2020 – Programa Operacional da Competitividade e Internacionalização e através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

Copyright © Jornal T. Todos os direitos reservados.