×
384
Fashion Jobs
ZIPPY
E-Commerce Business Technician (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Sales Associate Centro Comercial Norteshopping
Efetivo - CLT · Porto
SALSA
IT Sap Specialist fi/co e HR
Efetivo - CLT · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Gbs Senior Buying Specialist (m/ f) - French Speaker
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
General Ledger Manager (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
H&M
Senior Lawyer - Expansion Department
Efetivo - CLT · Barcelone
CLAUDIE PIERLOT
Vendedor(a) - 30h - CDD 3 Meses - Eci Porto H/F
Trainee · PORTO
TOMMY HILFIGER (RETAIL)
Sales Consultant / Vendedor(a) Tommy Hilfiger 40h - Lisboa - Temporário (1 Mês)
Trabalho temporário · LISBOA
TOMMY HILFIGER (RETAIL)
Store Manager Tommy Hilfiger 40h - Lisboa
Efetivo - CLT · LISBOA
SALSA
Vendedores de Loja Part-Time - Espaço Guimarães (m/f)
Efetivo - CLT · Guimarães
H&M
Fashion or Print Design Student Placement Summer 2020
Efetivo - CLT · Stockholm
MO
mo - Sales Assistant - Sesimbra
Efetivo - CLT · Sesimbra
MO
mo - Sales Assistant - Mafra
Efetivo - CLT · Mafra
MO
mo - Sales Assistant - Arrábida Shopping
Efetivo - CLT · Greeley
ZIPPY
Zippy - Sales Assistant - Spacio Olivais
Efetivo - CLT · Lisboa
MO
mo - Sales Assistant - Pinhal Novo
Efetivo - CLT · Pinhal Novo
ZIPPY
Zippy - Sales Assistant - Paços de Ferreira (Ferrara Plaza)
Efetivo - CLT · Paços de Ferreira
MO
mo - Sales Assistant - Alverca
Efetivo - CLT · Alverca do Ribatejo
MO
mo - Sales Assistant - Setúbal
Efetivo - CLT · Setúbal
MO
mo - Sales Assistant - Beja Retail
Efetivo - CLT · Beja
ZIPPY
Zippy - Sales Assistant - Reforço de Natal - Fórum Montijo
Efetivo - CLT · Montijo
ZIPPY
Zippy_Store Manager_Alfragide
Efetivo - CLT · Amadora

5ª Avenida de Nova Iorque segue como a artéria comercial mais cara

Por
AFP-Relaxnews
Publicado em
today 18 de nov de 2016
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

A 5ª Avenida de Nova Iorque mantém pelo terceiro ano consecutivo sua posição de artéria comercial mais cara do mundo, ultrapassando Causeway Bay, em Hong Kong, e a Champs-Elysées em Paris, segundo a Cushman & Wakefield.


A célebre rua nova-iorquina havia tomado a primeira posição da sua rival de Hong Kong em 2014, depois de dois anos de supremacia da artéria asiática.

Os dois espaços seguem amplamente à frente dos seus concorrentes, com aluguéis médios respetivos de 29.065 dólares o metro quadrado para Nova Iorque (ou seja, cerca de 27.000 euros, na taxa de câmbio atual) e 27.884 dólares por metro quadrado para Hong Kong.

Seus valores de locação são duas vezes mais altos que aqueles das outras ruas principais do resto do mundo, segundo um comunicado publicado pela consultadoria por ocasião do Mapic, salão do imobiliário comercial que ocorre esta semana em Cannes.
 
No entanto, as duas cidades registam este ano um recuo, uma vez que as grandes marcas estão racionalizando seus parques de lojas em benefício dos seus sites de venda em linha.
 
A 5ª Avenida viu assim o montante médio dos seus aluguéis comerciais recuar 14% em relação a 2015. É a primeira vez desde o fim da crise financeira que a artéria nova-iorquina regista uma queda dessa, destaca a Cushman & Wakefield, que prevê que isso continuará em 2017.
 
O que está em jogo? As marcas e distribuidores cotados em Wall Street estão a ser levados pelos mercados a uma corrida por lucro, que os incita a fechar suas lojas menos rentáveis. Uma tendência que afeta a maior parte das grandes artérias comerciais americanas. Além disso, Nova Iorque passa por um período de menor demanda das marcas para pontos de vendas do tipo "flagship", grandes lojas com superfícies e aluguéis mais importantes.
 
Em Hong Kong, além do impacto da desaceleração económica, é também a concorrência do comércio em linha, particularmente na China, que leva os distribuidores e marcas a rever para baixo suas estratégias de implantação comercial. Os aluguéis na Causeway Bay estão a recuar este ano cerca de 15%, depois de uma queda de 12% no ano passado.
 
A Avendida dos Champs-Elysées de Paris mantém sua terceira posição mundial e a primeira em âmbito europeu, com aluguéis médios de 13.255 dólares por metro quadrado.
 
Este número segue estável em relação ao ano passado, apesar do recuo do número de turistas e dos tíquetes médios gastos na famosa avenida parisiense, depois, em especial, dos atentados que atingiram França.

Copyright © 2019 AFP-Relaxnews. All rights reserved.