×
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
12 de mar de 2020
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

A Inditex reage ao novo coronavírus e começa a implementar o tele-trabalho

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
12 de mar de 2020

O grupo galego começa a tomar medidas em conformidade com a crise de COVID-19. Na sua sede em Arteixo, na Corunha, o conglomerado fundado por Amancio Ortega começou a implementar progressivamente o tele-trabalho, como confirmou o FashionNetwork.com.


Sede da Inditex - EFE


A Inditex aplica o trabalho à distância na medida do possível, de acordo com as necessidades e características dos diferentes postos e departamentos. As medidas para conter a propagação do novo coronavírus, até agora implementadas pelo grupo, incluem a suspensão temporária dos serviços de ginásio e autocarros dos empregados na sua sede na Corunha. Este plano de ação também deve ser implementado nas filiais em Tordera, Barcelona.

A empresa, que apresentará os seus resultados anuais, quarta-feira 18 de março, também obriga a visitas externas limitadas à sede. Os jornalistas poderão assim acompanhar a apresentação financeira por tele-informática, em vez de realizarem um evento presencial, como tem sido a prática até agora do grupo presidido por Pablo Isla.

De acordo com as previsões do Credit Suisse, as vendas no primeiro trimestre do ano fiscal 2020-21 serão afectadas pelo impacto do novo coronavírus, reduzindo seu aumento para 1,7%. Em Itália, o banco suíço prevê que a Inditex registe uma queda nas vendas de até 12% no mesmo período. Até à data, o grupo galego conta com 390 lojas em Itália, o que representa 5,5% da facturação total do grupo.
 

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.