×
Publicidade
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
11 de mar de 2020
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Adidas faz equipa com Fifa para conquistar fãs futebolistas e gamers

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
11 de mar de 2020

Com esta solução, a Adidas matou dois coelhos de uma cajadada só. O fabricante alemão de equipamentos desportivos está a apelar, tanto para os fãs de futebol, como para os entusiastas de vídeo-games. O conceito é simples: O desempenho de um jogador de futebol em campo, dá pontos no mundo virtual, neste caso com o Fifa Mobile da EA Sports.

A Adidas começou a patrocinar uma equipa e-sports em 2017, com a Team Vitality em França. Na época, o e-sport estava a crescer em popularidade e, em apenas algumas temporadas, os vídeo-games tornaram-se uma nova área de conquista para as marcas. Mais precisamente, são as competições de vídeo-jogos e-sport, que atraem jogadores e milhões de espectadores.


Adidas faz equipa com Fifa nos vídeo-jogos - Adidas


No final de 2018, o PriceWaterhouseCooper observou que o e-sport tinha um potencial de crescimento muito elevado. E muito para além do desporto rei do planeta, o futebol. De acordo com este estudo, o mercado do e-sport valia 805 milhões de dólares em 2018 e poderia chegar a 1,58 biliões de dólares em 2022.

Desta vez, a Adidas vai além do patrocínio e, na verdade, visa todos os jogadores, com uma dupla vantagem para a marca. A maioria dos jovens futebolistas gosta de experimentar os gestos das estrelas em campo... e adora reproduzi-los com a sua consola. Na verdade, a solução do fabricante do equipamento baseia-se nos sensores Jacquard do Google que registam a velocidade das corridas e a potência das greves.

"A Adidas GMR está na fronteira entre o mundo dos jogos e do hardware, porque também é lá que está o seu público", disse Moritz Kloetzner, Diretor de Desenvolvimento de Negócios de Futebol da Adidas. "Ao explorar e desafiar as abordagens tradicionais de desenvolvimento de produtos em colaboração com Jacquard pelo Google e EA Sports, somos capazes de oferecer aos jogadores uma forma completamente nova de pôr a sua criatividade a trabalhar para o desporto".

Para estimular o uso da solução, vendida por 34,99 euros, a Adidas criou desafios e competições como o Master Finisher, que oferece aos jogadores a oportunidade de chutar 40 penaltis no espaço de uma semana, a fim de ganhar créditos e bónus técnicos para jogos de vídeo para telemóveis.

Este investimento tecnológico sublinha o desafio das grandes marcas para deixarem a sua marca no mundo dos vídeo-jogos. A Adidas quer "estabelecer-se como o fabricante líder de equipamentos desportivos no mundo dos jogos". No entanto, a batalha promete ser feroz neste novo campo de jogo. Tanto a Puma, como a Nike, está a multiplicar os seus investimentos, particularmente na Ásia, o que pode ser visto como uma obrigação entre os campeões do desporto digital.
 

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.