Alberta Ferretti abre semana milanesa com franjas e lantejoulas

Foi no Palácio Real, adjacente ao Duomo, a famosa catedral de Milão, que Alberta Ferretti organizou um desfile sensual e festivo na noite de sexta-feira, para abrir a Fashion Week masculina milanesa. Ao longo da imponente escadaria que levava à prestigiada Sala delle Cariatidi, um batalhão de assistentes de bordo da Alitalia, impecáveis no seu uniforme azul-marinho, deram as boas-vindas aos visitantes.


A equipa da Alitalia, vestida por Alberta Ferretti - FashionNetwork.comm ph DM

A companhia aérea italiana não poderia ter escolhido um local melhor para desvendar os novos uniformes da sua tripulação, assinados por Alberta Ferretti. A meio do desfile, a designer, que fundou a marca e o grupo de moda Aeffe com o seu irmão Massimo, mostrou ainda umas quantas t-shirts brancas e sweaters pretas decoradas com o logótipo vermelho e verde da Alitalia, que foram colocadas à venda no dia posterior ao desfile.

No entanto, acima de tudo o desfile foi especialmente uma oportunidade para apresentar a nova coleção da linha semi-couture Limited Edition, lançada em 2011 e composta por vestidos de noite e de cocktail. Começando com alguns looks monocromáticos em preto ou branco, a designer rapidamente fez explodir a sua paleta com cores vivas (vermelho, laranja, rosa) e brilhantes, com lantejoulas, strass, plumas e franjas metálicas.

A coleção parecia um convite para dançar, tendo transportado o público para as noites loucas da era disco. Muito rapidamente, os elegantes smokings pretos e os sinuosos vestidos compridos brancos que abriram o desfile deram lugar a propostas decididamente mais enérgicas, com várias camadas de franjas de diferentes comprimentos. Macacões cintilantes que lembravam o espírito dos anos 70 completaram este elegante guarda-roupa jogando com transparências.


Um look Alberta Ferretti da coleção Cruise - FashionNetwork.com ph DM

Na primeira parte, Alberta Ferretti apresentou a sua coleção Cruise 2019, com muita inspiração étnica. Com botins de camurça que remetiam para o calçado ameríndio, as modelos vestiram peças, mais uma vez, compostas por uma panóplia de franjas, que apareceram em vestidos, carteiras, casacos de couro ou mesmo num corpete preto. O elenco ainda usou vestidos de padrões abstratos em tons ocre e macacões caqui, apertados na cintura com cintos repletos de medalhões metálicos.

Algumas modelos desfilaram acompanhadas por meninas com vestidos de verão inspirados na coleção, desvendando os primeiros looks da nova linha Alberta Ferretti Junior, a mais recente iniciativa da casa, desenvolvida através de uma licença com a Manifatture Daddato.

Traduzido por Estela Ataíde

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Luxo - Pronto-a-vestirLuxo - DiversosDesfiles
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER