Alpargatas regista crescimento de 11,7% na receita líquida consolidada do primeiro trimestre

A empresa brasileira Alpargatas, proprietária das marcas Havaianas, Osklen, Topper, Mizuno, Dupé e Meggashop outlet, anunciou na segunda-feira (14) os resultados do primeiro trimestre de de 2018. A companhia registou um aumento de 11,7% na receita líquida consolidada, para 902,1 milhões de reais, e crescimento de 16,7% no lucro bruto período, para 408,8 milhões de reais. O resultado deve-se, em grande parte, ao bom desempenho da marca da Havaianas no Brasil. 


Alpargatas regista crescimento de 11,7% na receita líquida consolidada do 1T18 - Havaianas

A margem bruta do grupo aumentou 1,9 pontos percentuais no período e o Ebitda recorrente aumentou 40,3%, para 129,2 milhões de reais, com a margem Ebitda recorrente a subir 2,9 pontos percentuais. O Ebitda teve queda de 31,8% para 169,1 milhões de reais. Por sua vez, o lucro líquido recorrente cresceu 10,8% em relação ao mesmo período do ano passado, para 85 milhões de reais.

No Brasil, a empresa registou um aumento de 22,9% na receita liquida para 572,9 milhões de reais, graças ao aumento nas faturações da Havaianas, Mizuno e Osklen. O volume de vendas de sandálias aumentou 33,1% no mercado interno; o da divisão Extensão de Havaianas aumentou 4,5%, e o de calçado desportivo aumentou 34,7%.

Na Argentina, houve queda de 2,6% nas vendas para 150,1 milhões de reais devido à valorização do real ante ao peso argentino, apesar do aumento no volume de vendas calçado desportivo no país (+ 13,3%), bem como no de vestuário esportivo (+ 17,8%).

Nas demais regiões, houve queda de 4,4% na faturação, pois as vendas de sandálias na Europa foram prejudicadas pelo frio excessivo, e as da região Ásia-Pacífico foram impactadas por problemas com excesso de stock. No total, houve uma redução de 20,9% no volume de vendas de sandálias no mercado externo no primeiro trimestre.

Apesar do aumento na receita líquida e no lucro bruto, o lucro líquido da Alpargatas caiu 37,2%, para 112,8 milhões de reais, impactado por dois itens não-recorrentes: a venda de um imóvel em Buenos Aires, na Argentina, e a reversão de provisão tributária sobre a exclusão do ICMS da base de cálculo da COFINS.

A Alpargatas, que abriu em março um escritório na Colômbia, anunciou também que retomou os seus planos de expansão internacional, que incluem a abertura de operações na Índia e em Hong Kong neste trimestre, além da venda direta na Índia, através da joint venture com o parceiro local Periwinckle.  O plano é que as vendas da Havaianas no exterior representem 40% do total da faturação até 2020. A marca já tem operações próprias na Argentina, Estados Unidos e Europa, com um total de 195 lojas no estrangeiro, sendo 630 no total.

Copyright © 2018 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

ModaNegócios
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER