×
Publicado em
17 de nov. de 2021
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Altice International Innovation Award 2021: projetos para indústria de têxteis entre os finalistas

Publicado em
17 de nov. de 2021

A Altice Portugal (antes Portugal Telecom) revela os seis projetos finalistas da 5.ª edição dos prémios de inovação, distribuídos entre as categorias Academia e Startups, de entre cerca de 80 candidaturas apresentadas este ano, onde se destaca uma solução da Smartex.ai para têxteis. A cerimónia de entrega de prémios está marcada para o dia 23 de novembro, na Estufa Fria, em Lisboa.


A Smartex.aidistingue-se com uma solução para têxteis - Facebook


Metade dos projetos do Altice International Innovation Award 2021 inserem-se na categoria Academia e os restantes em Startups. São todos provenientes de startups em fase de incubação, com origem em diferentes países europeus, estudantes de mestrado e doutoramento de instituições académicas portuguesas, disse um comunicado da Altice Portugal. Distinguimos o terceiro candidato da categoria Startups: a Smartex.ai, com uma solução baseada em inteligência artificial e visão computacional para inspecionar defeitos em têxteis, em tempo real.

A categoria Startups atribui um prémio monetário de 50 mil euros ao vencedor, assim como a possibilidade de concretização de um piloto com o Grupo Altice, com uma duração mínima de nove meses. O prémio da categoria Academia tem o valor de 25 mil euros destinado ao vencedor.

Ainda segundo o comunicado da Altice, entre os restantes finalistas da categoria Startups estão o projeto SenseGlove, “um dispositivo médico de rastreio doméstico e portátil para complementar o autoexame mamário, conectado a uma app para smartphones“; e o projeto VIBo Health, “um scanner inteligente que tira vantagens da espectroscopia molecular não-evasiva, para realizar medições metabólicas relevantes de parâmetros de saúde, bem-estar e condição física”, acrescentou.
 
Na categoria Academia, o primeiro projeto chama-se “Simulation of cardiovascular conditions in patient-specific 3D-printed model”, da autoria de Beatriz Maria das Neves Barro e com base numa “simulação de condições cardiovasculares em modelos 3D, com o objetivo de promover uma redução de custos em treinos e investigação médica”, frisou o comunicado.
 
O projeto ReneWaste, da autoria de Jônatas Augusto Manzolli, é uma plataforma de m-commerce para a venda e compra de lixo que liga o utilizador final com as empresas de gestão de resíduos, fomentando a reciclagem e economia circular. Já o projeto “Collision Avoidance on Unmanned Aerial Vehicles using Deep Neural Networks” de Dário Pedro, “propõe uma framework conceptual focada em veículos aéreos autónomos, numa solução de prevenção de colisão entre objetos”, acrescentou a Altice Portugal.
 
Além das duas categorias, a edição deste ano conta com a atribuição do prémio “Inclusive by Fundação Altice” com um valor de 15 mil euros, que visa distinguir tecnologias de informação e comunicação para a inclusão digital, soluções de acessibilidade ao serviço dos cidadãos, sobretudo destinadas aos que necessitam de cuidados especiais.
 
A Agência Nacional de Inovação (ANI) volta a associar-se ao evento, agraciando com o prémio BfK Awards "o melhor projeto nascido do conhecimento resultante de atividades de I&D, que valorizem o conhecimento científico e tecnológico nacional, que contribua para o desenvolvimento da economia", concluiu a Altice no comunicado.
 

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.