Amazon Fashion lança Aurique, a sua marca athleisure

Depois de Find, Truth & Fable, Iris & Lilly, Meraki e outras, a Amazon Fashion adicionou uma nova marca à sua oferta europeia com Aurique, uma marca feminina de athleisure cujo posicionamento em termos de preços fará com que não passe despercebida neste nicho no qual as marcas de equipamentos competem ferozmente.


A oferta inicial da Aurique inclui 120 produtos - Amazon Fashion

Assim, poderemos contar com 16 euros por um sutiã ou 18 euros por leggings curtas, um top ou uma camisola com capuz. Mas, os preços podem chegar aos 40 euros por um casaco de corrida, 34 euros por leggings térmicas ou 26 euros por um fato de banho. Os produtos recorrem extensivamente a tons de preto, branco e cinza, mas com toques de azul celeste, turquesa, rosa pastel, bordeaux e vermelho. Sem esquecer algumas peças com reflexos metalizados ou padrões geométricos. A primeira coleção, colocada à venda no portal da Amazon há alguns dias, contém cerca de 120 produtos.
 
A moda é uma dos principais domínios de atividade da Amazon, depois da eletrónica, segundo indicou há muito tempo o grupo, que não divulga detalhes das vendas realizadas por setores. Nos últimos dois anos, estudos sucessivos anunciaram que o gigante das vendas online será rapidamente coroado como o vendedor número um de vestuário nos Estados Unidos. Um aumento de poder que levanta preocupações em ambos os lados do Atlântico, onde os legisladores estão a tentar controlar o crescimento do grupo, pronunciando-se sobre a sua política fiscal.
 
Não o suficiente, no entanto, para travar o desenvolvimento da Amazon Fashion, que se está a dotar, área por área, de marcas próprias que estão a ganhar posição face aos líderes dos diferentes domínios do vestuário. Antes da Aurique, o mercado europeu viu desembarcar sucessivamente a marca de moda Find, logo seguida por uma marca dedicada ao vestuário formal, Truth & Fable, uma marca de lingerie, Iris & Lilly, e, no final de maio 2018, a marca de básicos modernos Meraki.


A Aurique é a quinta marca europeia desenvolvida pelo grupo - Amazon Fashion

Além das suas marcas próprias, a Amazon pretende aproveitar ao máximo a sua capacidade logística através da box Amazon Prime Wardrobe, que permite entregar um coffret de peças selecionadas, sendo que nenhuma das mesmas é debitada exceto se não for devolvida. Uma abordagem testada com produtos Adidas, Calvin Klein, Levi’s ou Hugo Boss e cujo único anúncio foi suficiente para abalar a bolsa americana, mesmo antes do lançamento efetivo da oferta nos Estados Unidos na primavera passada.
 
A Amazon registou 177,9 mil milhões de dólares (142,5 mil milhões de euros) em vendas no seu exercício de 2017, uma progressão de 31%. O lucro líquido aumentou nesse período de 2,4 para 3 mil milhões de dólares (2,4 mil milhões de euros), enquanto a receita operacional contraiu 2%, para 4,1 mil milhões. O grupo americano ultrapassou recentemente a marca de avaliação de 1 bilião de dólares de valorização na bolsa e espera-se que se posicione de forma duradoura no mercado indiano.

Traduzido por Estela Ataíde

Copyright © 2018 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - DiversosNegóciosColeção
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER