×
371
Fashion Jobs
TIFFOSI
Comprador de Moda (m/f)
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Area Manager (m/f)
Efetivo · Faro
ADIDAS
Buyer - German Speaker (m/f)
Efetivo · Porto
JD SPORT
Stock Financial Controller
Efetivo · Alicante
JD SPORT
Demand Planner
Efetivo · Alicante
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Dolce Vita Tejo (Ubbo) - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Amadora
H&M
Department Manager Lisboa
Efetivo · Lisboa
RALPH LAUREN
Sales Associate Part Time/ Vendedor de Loja (Part Time)
Efetivo · Modivas
RALPH LAUREN
Sales Associate Part Time / Vendedor de Loja (Part Time)
Efetivo · Modivas
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Évora Plaza - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Évora
TIFFOSI
Store Manager/ Gerente de Loja
Efetivo · Beja
HUGO BOSS
Sales Associate Hugo Boss Centro Comercial Lisboa (f/m)
Efetivo · Lisbon
HUGO BOSS
Sales Associate Hugo Boss Centro Comercial Lisboa (f/m)
Efetivo · Lisbon
LEVI'S
Part-Time 20h Levi Strauss Eci
Efetivo · Vila Nova de Gaia
SALSA
Digital Marketing Assistant – Suporte Aos Canais Paid Marketing, Newsletters e Redes Sociais
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Fórum Coimbra - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Coimbra
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Nosso Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Vila Real
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Porto Centro - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Porto
SALSA
Trade Marketing Assistant – Suporte Aos Canais Wholesale & Department Store
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Fórum Algarve - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Faro
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Vila do Conde Fashion Outlet - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Vila do Conde
SALSA
Conseiller(e) de Vente 30h Aeroville
Efetivo · Paris
Por
Reuters API
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
14 de abr de 2020
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Amazon: Mais 75.000 empregos a meio da pandemia

Por
Reuters API
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
14 de abr de 2020

A Amazon.com Inc anunciou, segunda-feira (13 de abril) que pretende contratar mais 75.000 trabalhadores, para o armazém e entregas, uma vez que a pandemia do coronavírus COVID-19 mantém os americanos fechados em casa. 

A empresa oferece, também, uma remuneração mais elevada para incentivar o pessoal do armazém a trabalhar no serviço de entrega de mercearias, mais arriscado.


Amazon vai contratar 75.000 trabalhadores para o armazém e entregas - Reuters


Mesmo assim, em manifestações que ganharam a atenção de legisladores e sindicatos, alguns funcionários dos armazéns da Whole Foods e da Amazon protestam pelo facto de a empresa não estar a fazer o suficiente para os proteger. Na verdade, mais de 50 centros de atendimento da Amazon e várias lojas da Whole Foods confirmaram casos de COVID-19, de acordo com vários relatórios.

Devido às mudanças que a Amazon fez nas operações após o surto, a empresa aumentou em 60% o número de encomendas que pode cumprir, escreveu Stephenie Landry, vice-presidente da grossista Amazon, num post do blogue. Embora ainda espere encontrar prazos de entrega abertos, continuará a ser um desafio para os compradores. O seu objectivo é aumentar a capacidade de entrega a mais compradores, bem como a capacidade de aceitar novos compradores.

"Esperamos que a combinação de capacidade restrita, devido ao distanciamento social, e a procura por parte dos clientes, continuem a disponibilizar entregas desafiantes para os clientes", escreveu Stephenie Landry, vice-presidente mundial da Amazon Prime Now, Amazon Fresh e Amazon Restaurants.

"Se for possível fazê-lo com segurança, nós próprios encorajaremos gentilmente os nossos clientes a fazerem compras pessoalmente".
 

© Thomson Reuters 2021 All rights reserved.