×
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
4 de jun de 2021
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

ANDAM anuncia os catorze finalistas da sua edição 2021

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
4 de jun de 2021

Entre os 14 finalistas da excelente colheita de 2021 encontram-se Casablanca, GmbH e Wales Bonner, que competirão pelo cobiçado prémio ANDAM.


Os finalistas do Prémio ANDAM - Imagem: ANDAM


A ANDAM, que concede anualmente um dos prémios mais influentes da moda europeia, anunciou os 14 finalistas para a sua edição de 2021.
 
Entre este elenco de elevado nível destaca-se a londrina Grace Wales Bonner, já vencedora do prémio LVMH em 2016, que se destaca como uma das favoritas ao primeiro prémio de 300 mil euros.

Bonner enfrentará, no entanto, uma forte concorrência, como a dupla de designers da GmbH, Serhat Işık e Benjamin A. Huseby, recentemente nomeados - para surpresa geral - diretores criativos da Trussardi em Itália.
 
Ao todo, sete finalistas concorrem ao primeiro prémio, entre os quais a Casablanca, marca franco-inglesa do DJ e designer Charaf Tajer, e a Area, marca da dupla nova-iorquina Ao seu lado estão Bianca Saunders, finalista do prémio LVMH deste ano, e o criador parisiense Ludovic de Saint Sernin, que no ano passado abriu uma loja incontornável no Marais. O júri aumentou o número de finalistas de cinco para sete, prova do nível excecionalmente elevado registado este ano.


Casablanca - outono-inverno 2021 - Moda Masculina - Paris - © PixelFormula


Estes finalistas foram selecionados entre mais de 300 candidatos que enviaram as suas candidaturas para o prémio ANDAM, sigla para Association Nationale pour le Développement des Arts de la Mode (Associação Nacional para o Desenvolvimento das Artes da Moda).
 
O júri passou igualmente o número de finalistas de três para quatro para o seu segundo prémio, o Prémio Pierre Bergé, cuja recompensa é de 100 mil euros. Este ano, são finalistas EgonLab, Ester Manas, Uniforme Paris e Charles de Vilmorin, que acaba de ser nomeado diretor criativo da Rochas.
 
O último prémio, dedicado aos acessórios e com recompensa de 50 mil euros, conta com três finalistas. O favorito é o joalheiro parisiense Samuel François, que concorre com a austríaca Published By e o fabricante de artigos de couro Aswad.
 
Para se tornar mais atrativo a nível internacional, o prémio convidou estrelas para fazerem parte do júri, incluindo Lalisa Manoban do grupo Blackpink, o cantor chinês Chris Lee, Phoebe Philo, antiga diretora criativa da Céline, e Kerby Jean -Raymond, diretora criativa da marca nova-iorquina Pyer Moss.


Wales Bonner - outon-inverno 2021 - Moda Masculina - Paris - © PixelFormula


A ANDAM foi fundada em 1989 por Nathalie Dufour e conta com o apoio do Ministério da Cultura francês - a cerimónia de entrega de prémios acontece tradicionalmente nos jardins do Palais Royal, em Paris. Este ano, será no dia 1 de julho.

Nathalie Dufour comemora através de um comunicado: “A riqueza e a diversidade das candidaturas recebidas são testemunha de uma grande energia criativa e confirmam a atratividade de Paris, para onde convergem todos estes talentos internacionais. Fico muito contente por constatar o crescimento da ANDAM desde que a fundei em 1989, e agrada-me o empenho cada vez mais forte dos principais players da moda.”
 
Cédric Charbit, CEO da Balenciaga, mentor do prémio deste ano, acrescenta: “Os finalistas da edição 2021 da ANDAM são todos altamente qualificados e gostaria de aproveitar esta oportunidade para agradecer ao júri por esta seleção poderosa e coerente. Quisemos aumentar o número de finalistas de forma a promover e dar visibilidade a ainda mais jovens talentos.”

Laureados anteriores do prémio incluem Martin Margiela, Viktor & Rolf e Jeremy Scott.
 
Os candidatos podem ser oriundos de todo o mundo, mas devem ter uma empresa com sede na França.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.