×
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
30 de abr. de 2021
Tempo de leitura
4 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Ann-Sofie Johanson (H&M): "Gostaríamos que todos pudessem pagar a moda sustentável"

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
30 de abr. de 2021

Inovação e sustentabilidade são dois dos pilares sobre os quais a H&M quer basear a sua estratégia a longo prazo. Além dos prémios anuais Global Change Awards (Prémios Mudança Global) para galardoar a tecnologia e ideias inovadoras, bem como a promoção das suas coleções sustentáveis sob o rótulo Conscious (Consciente), o gigante sueco está agora empenhado no formato das Innovation Stories (Histórias de Inovação). Um novo formato de coleções cápsula que combina ambos os universos e será apresentado ao longo deste ano. Coincidindo com o lançamento da segunda destas coleções, a Colour Story (História da Cor), a 15 de abril, a FashionNetwork.com entrevistou Ann-Sofie Johanson sobre os projectos inovadores e amigos do ambiente da cadeia. Consultora criativa da H&M desde 2015, Ann-Sofie Johansson conhece bem a empresa, onde começou a trabalhar como vendedora em 1987 e onde passou as últimas três décadas, alcançando a posição de diretora de Design entre 2008 e 2013.


Ann Sofie Johanson, consultora criativa da H&M desde 2015 - H&M


FashionNetwork.com: Qual é exatamente a colaboração com os Colorifix e WeaReSpinDye? A H&M juntou forças com estes especialistas apenas para o desenvolvimento da coleção Colour Story, ou é uma colaboração a longo prazo que incluirá também outros projectos?

Ann-Sofie Johanson:
A coleção presta homenagem às cores e corantes produzidos de forma sustentável; traz à luz as belas cores que são alcançadas através de práticas de tingimento sustentáveis. Trabalhámos com o Colorifix e WeaReSpinDye nesta coleção, uma vez que ambos trazem grande inovação ao processo de tingimento de diferentes formas. Colaboramos com inovadores e peritos para cada uma das nossas coleções da Innovation Story, e em alguns casos, a relação continua noutras coleções e projectos da H&M.

FNW: Quais são especificamente as diferenças de tratamento de cor entre um método tradicional e um método mais sustentável?

ASJ:
Depende do processo ou da inovação. O Colorifix reescreveu as regras com o processo biológico que produz, deposita e fixa os pigmentos nos tecidos. Primeiro encontra uma cor criada por um ser vivo, tal como um animal, planta ou micróbio. Depois, usando o sequenciamento de ADN, utiliza microrganismos modificados para crescer e transferir a cor.

Em contraste, o WeaReSpinDye® trabalha com uma versão de baixo impacto do método tradicional. O seu sistema de circuito fechado permite uma redução de 75% no consumo de água, uma redução de 90% na utilização de produtos químicos e uma redução de 30% nas emissões de CO2.


Look da coleção Innovation Color Story - H&M


FNW: Quantas coleções serão apresentadas através do formato Innovation Story, e que percentagem da oferta da cadeia representarão?

ASJ:
Ainda não pusemos um limite ao formato das Innovation Story. Apresentamos duas coleções e adoramos os resultados e o processo até agora.

FNW: A ideia para o futuro é manter as coleções sustentáveis e inovadoras, por um lado, e as coleções clássicas da H&M, por outro, ou aplicar estes processos responsáveis a toda a oferta? No segundo caso, quais são os objetivos e quanto tempo levará o processo para atingir a oferta total?

ASJ:
O formato das Innovation Story está realmente no centro da nossa missão de sustentabilidade. Testamos ideias através destas coleções e, nalguns casos, as inovações estendem-se a outras coleções clássicas. Pode ser um pouco difícil escalar alguns destes conceitos, mas estamos a tentar e a testar à medida que avançamos.

Estabelecemos objetivos para 2025, 2030 e 2040, e estamos determinados a atingi-los. A nossa ideia é criar um destino onde os clientes se possam envolver com peças de vestuário acessíveis, inclusivas e sustentáveis.


Detalhe de conjunto da coleção Innovation Colour Story - H&M


FNW: Como consegue implementar todas estas inovações e manter os preços relativamente acessíveis, de acordo com o resto da oferta?

ASJ:
Trabalhamos arduamente para garantir que não comprometemos a acessibilidade e qualidade. Isto envolve muito para a frente e para trás com a nossa equipa de Inovação e Design, certificando-se de que cada peça e cada conceito estão corretos.

Em alguns casos, quando estamos realmente apaixonados por uma peça de vestuário ou por um tipo de fabrico, a H&M faz a diferença para que o nosso cliente possa experimentar uma inovação brilhante a preços convidativos. Gostaríamos que todos pudessem pagar a moda sustentável, independentemente do seu orçamento.

FNW: Como é que a empresa envolve os participantes no Global Change Award, nestes processos?

ASJ:
O Global Change Award da H&M Foundation é o nosso primeiro ponto de referência na procura de inovação. É um prémio internacional e os cinco melhores criativos selecionados fazem sempre parte de um grupo entusiasmante e diversificado de mentes. A nossa anterior coleção Innovation Story – a Science Story (História da Ciência) – apresentou os inovadores Agraloop, que ganharam o prémio em 2018. As rentáveis peças Colour Story apresentam os inovadores Imogo, que estiveram entre os 15 finalistas para o Global Change Award 2020.
 

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.