×
279
Fashion Jobs
ADIDAS
Senior Controlling & Reporting Specialist (m/f)
Efetivo - CLT · PORTO
TIFFOSI
Area Manager (m/) - Zona Norte
Efetivo - CLT · Braga
ADIDAS
Buyer - Italian Speaker (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
JD SPORT
Stock Financial Controller
Efetivo - CLT · Alicante
M+RC NOIR
Production Manager
Efetivo - CLT · ESPOSENDE
JD SPORT
Demand Planner
Efetivo - CLT · Alicante
THE AMAZING FRENCH COLONY
Fashion Designer Assistant
Estágio · LISBOA
EMPRESA DE MODA NO SETOR DO LUXO
Vendedor/a de Loja de Gama Alta
Trabalho temporário · LISBOA
ELSA GOES GREEN
Business Development
Estágio · ERICEIRA
CH CAROLINA HERRERA
Vendedores Eci Lisboa (36 h)
Trainee · LISBOA
CONFIDENCIAL
Stylist (m/f)
Efetivo - CLT · PORTO
SALSA
Conseiller(es) de Vente Avenue 83 Toulon 30h
Efetivo - CLT · Toulon
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Eci Lisboa - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Lisboa
ADIDAS
Team Leader o2c Credit And Collections (m/ f) - German Speaker
Efetivo - CLT · Porto
PARFOIS
Interior Designer
Efetivo - CLT · PORTO
ADIDAS
Tax Accountant (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Senior o2c Credit And Collections Specialist (m/ f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Gbs Process Manager s2p (m/ f)
Efetivo - CLT · Porto
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Freeport - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Alcochete
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Oeiras Parque - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Oeiras
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Fórum Aveiro - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Aveiro
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Foz Plaza - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Figueira da Foz

Armani e YNAP revelam modelo de distribuição para o futuro

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
22 de jul de 2020
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Giorgio Armani e o gigante do e-tail Yoox Net-a-Porter (YNAP), anunciaram um acordo que visa integrar melhor o site de comércio electrónico da marca de luxo e as suas lojas físicas a nível mundial.

Baseia-se na relação que as duas empresas tiveram nos últimos 20 anos, tendo a unidade de terceiros da YNAP sido o operador e gestor de longa data da própria loja Web da Armani.


Modelo de distribuição do futuro resultante da parceria da Armani e YNAP - Giorgio Armani


As empresas disseram que este é um negócio da "Próxima Era" que está inicialmente estabelecido para funcionar até 2025, com total integração entre o físico e o digital a completar em 2022, embora os benefícios comecem a ser visíveis no próximo ano. Isto significará que os compradores Armani poderão aceder aos produtos sem problemas através dos canais online e offline.

É um grande golpe para a YNAP, pois vai contra a crença generalizada de que as grandes empresas acabariam por trazer as suas operações de retalho electrónico internamente, mesmo que começassem com sucesso com um parceiro especializado.

Para a Armani, a lógica é clara, uma vez que a sua relação com a YNAP parece ter sido frutífera durante muitos anos.

Maximizar as oportunidades disponíveis através do trabalho online e offline, em estreita colaboração, tem sido um objectivo fundamental para os rótulos a todos os níveis de preços há já algum tempo. Mas, tem sido ainda mais importante, devido à pandemia, à medida que os consumidores se tornaram online para os seus desejos e necessidades de compras e as empresas descobriram que o stock da loja e o stock do website muitas vezes não funcionavam tão bem em conjunto como deveriam funcionar.


Inspiração vintage de Giorgio Armani - Instagram @giorgioarmani


A Armani e a YNAP concordaram que a sua nova parceria tem muitos benefícios, incluindo a redução do desperdício. "Ajuda a evitar 'falsos esgotamentos' e elimina produtos não vendidos devido a inventários de stock em silos em locais separados", disse à Reuters, o presidente e CEO da YNAP, Federico Marchetti.

O novo negócio também vem à medida que o sector do luxo se apercebe que tem estado por detrás da curva, no que diz respeito às compras online, com o canal a representar apenas 12% das vendas em 2019, bem atrás dos números citados por muitos retalhistas de massa e médios mercados.

A YNAP informou, quarta-feira (22 de julho), que "no contexto atual, e tornando-se ainda mais aparente após o COVID-19, o sistema de moda tem de ser redesenhado, com a tecnologia a potenciar uma abordagem mais inovadora. A tecnologia pode permitir uma relação directa e pessoal com o cliente, construir uma compreensão das suas expectativas e proporcionar a mais ampla possibilidade de escolha, integrando boutiques físicas e lojas virtuais".


Federico Marchetti da YNAPe Giorgio Armani


Os pormenores práticos são que as encomendas serão processadas através da rede de distribuição YNAP, bem como dos centros de distribuição e das boutiques Armani. "Utilizando a tecnologia, os clientes terão plena visibilidade de todas as coleções da estação, permitindo-lhes ver um sortido mais amplo e comprar todos os produtos disponíveis, quer estejam armazenados em boutiques ou online", disse o retalhista electrónico.

O próprio Giorgio Armani acrescentou: "Nos últimos meses, tenho vindo a redesenhar o modelo empresarial do Grupo Armani com base num conceito que me é muito caro: Fazer menos, mas melhor. O meu é um convite a consumir de forma mais responsável, concentrando-se na autenticidade e na mudança. Na Yoox Net-A-Porter encontrei um parceiro que me permite transformar este princípio num novo projecto de compras multicanal onde a relação com o cliente é cada vez mais pessoal e directa, enquanto o comércio electrónico e as boutiques estão integrados num equilíbrio dinâmico, que terá um efeito positivo, também no ambiente".
 

Copyright © 2020 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.