×
351
Fashion Jobs
PRIMARK - PORTUGAL
Estágio Curricular Manager Comercial
Efetivo · PORTO
SACOOR BROTHERS
Brand Manager (m/f)
Efetivo · Lisboa
SACOOR BROTHERS
Sales Assistant- c. Comercial Ubbo Alfragide
Efetivo · Lisboa
TIFFOSI
Area Manager (m/f)
Efetivo · Porto
SALSA
Conversion Rate Optimization Specialist – Otimizar a Experiência de Compra no Ecommerce
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
HR Specialist - Gbs Operations - General Admin (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Project Manager - Fulfilment Programs (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Scm Products - Product Supply / Fulfillment (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - Mobility (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Gbs HR Services (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Procurement Manager (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Consultant - Sap sd (Afs & s4/Hana) (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Scm Products - Product Supply Primary Data (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Supply Chain Management Products - Tms Integration (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Project Manager Supply Chain (M/F/D)
Efetivo · Porto
SALSA
Marketplaces Account Manager - Oportunidade de Contrubuir Para a Internacionalização da Marca
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Senior Sap Consultant - Sac/bw-ip/Fico (M/F/D)
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Comprador de Vestuário (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Buyer (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior HR Specialist - HR Systems Support (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist - Systems Support (M/F/D)
Efetivo · Porto
Publicado em
30 de mar. de 2022
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Atepeli: fabricante portuguesa que produz para a Louis Vuitton sobe salários e recruta artesãos para três ateliers

Publicado em
30 de mar. de 2022

A Atepeli, fabricante portuguesa de componentes de marroquinaria e calçado de luxo que produz para marcas de luxo como a Louis Vuitton, sobe em 5,1% o salário mínimo para 720 euros (mais 15 euros) e está a recrutar 300 artesãos (entre outras áreas técnicas) para os três ateliers sedeados em Penafiel, Ponte de Lima e Santa Maria da Feira. Com um total de mil colaboradores em 2021, distribuídos pelos referidos ateliers de marroquinaria, a Atepeli revela este ano o crescimento no recrutamento em 3% de trabalhadores em funções operacionais, assegurando melhores condições de trabalho, de saúde e de vida com prémios de assiduidade e seguros que fazem parte do pilar “Physical Well-being” do atelier, reforçado com programas de bem-estar e ginástica laboral diária. 


A Atepeli: fabricante portuguesa de componentes de marroquinaria que produz para marcas de luxo como a Louis Vuitton, revela crescimento na subida de salários e recrutamento de artesãos para os três ateliers - Facebook: Atepeli

 
“Anualmente, os nossos colaboradores têm um incremento salarial de 275 euros correspondente à sua assiduidade”, diz à ECO Rui Moreira, diretor geral da Atepeli. “Promovemos também a cultura de espaços de trabalho seguros e limpos com ações internas de mobilização das equipas nessas atividades”.
 
A Atepeli conta com uma Linha de Apoio Psicológica, numa parceria com uma entidade externa especializada, trabalhamos assim a prevenção na área dos riscos psicossociais. Um pilar ao qual se junta o “Social Well-being”, que mobiliza os colaboradores para diversas contribuições sociais, como uma caminhada pelo IPO, a doação de diversos bens, ou doações de sangue no seio dos ateliers.

A empresa tem vindo a adotar ainda estratégias para ultrapassar a escassez de mão de obra no sector, através da promoção de inúmeros eventos lúdicos e solidários dirigidos à comunidade local e com o apoio de várias instituições. Uma lacuna que se prevê seja agora colmatada com os refugiados ucranianos em Portugal. 

“Estas ações objetivam acima de tudo a visibilidade local, pretende-se dar a conhecer a Atepeli, a forma de estar no contexto de cada localização assim como a participação no crescimento e desenvolvimento de cada instituição que colaboramos ou realizamos projetos”, diz ainda Rui Moreira. 

“Oportunidades que se destinam essencialmente a artesãos (operadores de produção), entre outras relacionadas com as nossas áreas técnicas, onde se incluem perfis de engenharia, financeira, recursos humanos, por exemplo, destaca o gestor.

A Atepeli investe igualmente na formação, seja no saber técnico ou em aulas de Francês. Conta com uma equipa de formadores em cada atelier, responsáveis pela transmissão do savoir-faire e pelo acolhimento.

Sem descurar a formação das chefias intermédias, através do programa Leadership Equation da Porto Business School, por exemplo”, reforça Rui Moreira, frisando o programa de referências com a atribuição de um prémio de 100 euros em cartão aos colaboradores e a abertura de oportunidades exclusivas de carreira interna.
 

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.