×
409
Fashion Jobs
JD SPORT
Regional Training Manager jd Portugal
Efetivo - CLT · Agualva-Cacém
ADIDAS
General Ledger Manager (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Financial Controller & Reporting Senior Specialist (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
HR Controlling & Data Analytics Senior Specialist (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
HR Specialist - German Speaker (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Manager - Project Management & Strategy (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
JD SPORT
Senior Kids Footwear Buyer
Efetivo - CLT · Alicante
BWGROUP
Comercial Internacional - Espanha
Efetivo - CLT · BRAGA
JD SPORT
Demand Planner Retail
Efetivo - CLT · Alicante
JD SPORT
Marketing Admin Assistant
Efetivo - CLT · Alicante
JD SPORT
Marketing Admin Assistant
Efetivo - CLT · Alicante
JD SPORT
Data Analyst
Efetivo - CLT · Alicante
JD SPORT
Financial Data Analyst
Efetivo - CLT · Alicante
SALSA
Vendedores de Loja Part-Time - Oeiras Parque (m/f)
Efetivo - CLT · Oeiras
ADIDAS
Team Leader Customer Master Data - German Speaking
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Team Leader o2c Credit And Collections - German Speaker
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Senior o2c Credit And Collections Specialist - German Speaker
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
o2c Credit And Collections Specialist - German Speaker
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Internship Marketing Department
Estágio · Lisboa
ADIDAS
Accountant (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Stockroom Manager The Outlet Styles Vila do Conde
Efetivo - CLT · Porto
TEM-PLATE
Web And Communication
Estágio · LISBON
Publicidade

Avon reforça o seu posicionamento contra os testes em animais

Por
AFP-Relaxnews
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
today 22 de abr de 2019
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

A gigante da beleza Avon é a mais recente marca a exigir a proibição mundial dos testes em animais na indústria de cosméticos.
 


Divulgação


A marca americana de beleza, que cessou a prática há 30 anos, anunciou que apoia a campanha #BeCrueltyFree da organização de direitos humanos The Humane Society International. A iniciativa pede reformas legislativas para proibir o teste de cosméticos em animais até 2023 nos principais mercados de beleza do mundo todo.

"Estamos confiantes de que, através de colaborações com a HSI e outros parceiros comprometidos, vamos acelerar a transição para abordagens alternativas aos testes em animais e isso resultará numa proibição mundial no futuro imediato", disse Louise Scott, CEO da Avon, num comunicado.

"O alcance da Avon dará um impulso significativo aos nossos esforços para abolir a crueldade cosmética em todo o mundo", acrescentou o vice-presidente de Pesquisa e Toxicologia da HSI, Troy Seidle.

A Avon não é a única grande marca a apoiar o HSI. No início deste ano, o conglomerado de cuidados pessoais Procter & Gamble Company (P&G) também anunciou o seu comprometimento com a causa. Enquanto isso, a gigante do cuidado para a pele e cabelos Unilever ganhou o selo "cruelty-free" da People for the Ethical Treatment of Animals (PETA) no ano passado, assim como a marca de spa Bliss. A marca do grupo Coty Covergirl também recebeu o selo da Cruelty Free International, uma organização que também uniu forças com a The Body Shop para protestar contra os testes de cosméticos em animais.

Copyright © 2020 AFP-Relaxnews. All rights reserved.